Desporto

Petro embarca hoje para o Tour du Faso

Teresa Luís

A equipa de ciclismo Bai/Sicasal/Petro de Luanda viaja hoje, para o Burkina Faso, onde disputa a 32ª edição do "Tour du Faso", a decorrer de 24 do corrente a 6 de Novembro, numa distância de 1.350 quilómetros, com dez etapas.

Liderados por Dário António, tricolores ambicionam o pódio
Fotografia: DR

Organizada pela União Internacional de Ciclismo (UCI), a prova de categoria 2.2, conta com a participação de 21 países, com destaque para França, Holanda, Bélgica, Itália, Polónia e Israel, que vão competir cada com duas equipas.
Às ordens de Carlos Araújo, os petrolíferos ambicionam ocupar um dos lugares do pódio na classificação por equipas e individual. Em declarações ao Jornal de Angola, Carlos Araújo realçou a prontidão dos seus pupilos e o desejo de se apresentarem ao melhor nível.
“O Tour do Burkina é uma prova continental, onde participam muitos atletas profissionais do circuito europeu e africano. Para nós, é uma honra. Por essa razão, estamos empenhados em tudo fazer para ter uma prestação à dimensão do evento. Felizmente, a preparação decorreu sem sobressaltos. Estamos confiantes”, garantiu.
Dário António (líder), Bruno Araújo , Cruz Tuto, Gabriel Cole, Adilson Zacarias e Hélder Silva (gregários) são os atletas que representam o conjunto tricolor.
O prestígio e a notoriedade granjeados pelo Tour du Faso resultam na presença em massa de ciclistas europeus, que buscam oportunidades para integrarem as grandes equipas. As altas temperaturas, às vezes superiores a 45º, são uma das principais dificuldades da prova de estrada. O país anfitrião é o mais titulado, com 14 troféus.

Tempo

Multimédia