Desporto

Petro vai para o Dundo à procura da liderança

António Cristóvão

O treinador da equipa princi-pal do Petro de Luanda, Beto Bianchi, faz hoje, às 10h30, a antevisão ao jogo com o Sagrada Esperança em conferência de imprensa no Complexo Demóstenes de Almeida Clington, no bairro Madame Bergman, nesta cidade.

Pupilos de Beto Bianchi pretendem vencer para igualar a pontuação do líder da competição
Fotografia: Kindala Manuel | Edições Novembro

No habitual encontro com os jornalistas, que antecede o desafio com os diamantíferos amanhã, às 15h00, na capital da província da Lunda-Norte, de acerto e conclusão da sexta jornada do Girabola, o técnico hispano-brasileiro vai pronunciar-se sobre a possibilidade de utilização dos futebolistas ghanenses.
O defesa central Inusah Musah, 24 anos, e o médio Isaac Mensah, 22 anos, chegaram sexta-feira à tarde a Luanda, e já treinaram com o grupo. Depois de ultrapassadas as questões administrativas com a equipa do Heart of Oak do Ghana, os atletas estão aptos para a disputa dos jogos do Girabola, Taça de Angola e da fase de grupos da 16ª edição da Taça da Confederação.
Os tricolores do Eixo Viário devem seguir para a cidade do Dundo amanhã, antes do almoço, com uma delegação de mais de 25 integrantes, entre atletas, oficiais e dirigentes do clube.
Após o “embate” com os diamantíferos, no dia seguinte começam a preparar a deslocação à cidade de Alexandria, onde enfrentam o Zamalek do Egipto, neste domingo às 21h00, para a terceira jornada do Grupo D da Taça Nelson Mandela.
Antes da conferência de imprensa, Beto Bianchi orienta um trabalho ligeiro para a correcção de alguns momentos defensivos e ofensivos, com realce para a finalização. Como tem sido habitual, a última parte da preparação está reservada para a cobrança de bolas paradas. No treino, realizado ontem no campo Osvaldo Saturnino de Oliveira “Jesus”, a novidade foi a integração do médio ofensivo Megue, transferido do Progresso Sambizanga. O médio ex-sambila juntou-se aos ghanenses para dar qualidade ao “coração” do sector intermédio dos tricolores.
No aspecto clínico, o médio Além, que recupera de lesão no tornozelo direito, volta a falhar o jogo com os diamantíferos. O meio-campista, que tem feito trabalho específico com o médico do clube, Nelson Bolivar, e o preparador físico, Maurício Marques, deve integrar esta manhã o grupo de trabalho, mas sob o olhar atento do corpo clínico.
Além saiu lesionado no jogo com o Stade Malien de Bamako, no dia 19 de Janeiro, no Estádio Nacional 11 de Novembro, na segunda mão da última eliminatória de apuramento para a fase de grupos da competição africana.

Tempo

Multimédia