Desporto

Petro de Luanda e Inter agitam 11 de Novembro

António de Brito

Petro de Luanda e Interclube disputam hoje às 17h00, no Estádio Nacional 11 de Novembro, o jogo de cartaz, no seguimento da 14.ª e penúltima jornada da primeira volta do Girabola. A tarde reserva ainda os encontros Académica do Lobito-Recreativo da Caála e Domant FC do Bengo-Desportivo da Huíla.

Polícias são líderes do Campeonato Nacional, com 23 pontos
Fotografia: Jose Soares | Edições Novembro

A fazer uma época muito aquém dos seus pergaminhos, os petrolíferos pretendem pôr fim na recepção aos polícias, as exibições medianas e resultados menos conseguidos. O Petro de Luanda está a realizar um campeonato atípico.
Apesar de actuar em casa, a formação petrolífera tem, para já, um desafio bastante complicado, pois enfrenta o comandante do campeonato, que vem de um tropeço frente ao detentor do título do Girabola, 1.º de Agosto.
Na visita aos tricolores do Eixo Viário, os polícias jogam o tudo ou nada, no intuito de regressarem às vitórias na competição, ou na pior das hipóteses empatar o encontro.
Frente ao Interclube, o Petro de Luanda é obrigado a vencer, de modo a atenuar a fúria dos seus exigentes adeptos que andam descontentes com o desempenho da equipa na competição, na qual soma três vitórias, cinco empates e uma derrota.
O espectáculo promete ser intenso do primeiro ao último minuto, atendendo à rivalidade  entre os emblemas, pelo que o resultado é imprevisível. Normalmente, os jogos desta envergadura são decididos nos detalhes.
No total de jogos disputados, o Petro de Luanda leva clara vantagem sobre o Interclube, tendo um registo de 21 vitórias e 13 derrotas. Os restantes quatro desafios terminaram empatados. Comparativamente aos golos marcados, o Petro marcou 47 contra 26 do Interclube. O Petro de Luanda detém o recorde de goleadas sobre o Interclube (4-1 e 4-0, em 2003 e 2013).
A realizar uma excelente prova, a Académica do Lobito recebe o Recreativo da Caála, às 15h00, no Estádio Municipal do Buraco, com o favoritismo a recair naturalmente para os estudantes lobitangas. Na deslocação à cidade portuária do Lobito, a formação do Huambo vai enfrentar algumas dificuldades, visto que a Académica se agiganta na condição de anfitriã.
Nos seis jogos caseiros, a equipa de Rui Garcia venceu quatro e empatou dois. Apesar de a partida se afigurar difícil, o técnico David Dias espera pontuar no reduto do adversário.
Domant do Bengo e Desportivo da Huíla defrontam-se às 15h00 no Estádio Municipal do Dande, num jogo de favoritismo repartido. O Domant vai apostar em todas as fichas, na ânsia de retornar aos triunfos na prova, pois não vence há cinco jogos.
Depois da igualdade (0-0), frente ao Petro de Luanda, o Desportivo joga pelos três pontos no reduto do adversário. Vai ser um jogo interessante de seguir, entre duas equipas que disputam a manutenção no campeonato.
Na próxima quarta-feira, o Kabuscorp do Palanca mede forças com o FC Bravos do Maquis, às 17h30, no Estádio Municipal dos Coqueiros. A jornada fecha a 27, com o 1.º de Agosto a receber o Sagrada Esperança, por força do envolvimento do campeão nacional nas Afrotaças.

Tempo

Multimédia