Desporto

Petro defronta AS Nyuki na cidade de Kinshasa

António Cristóvão

A equipa principal de futebol do Petro de Luanda joga a 14 deste mês, com o AS Nyuki, às 15h30, no Estádio dos Mártires, na capital da Repúb-lica Democrática do Congo (RDC), Kinshasa, no desafio referente à primeira-mão da penúltima eliminatória de apuramento para a fase de grupos da 16ª edição da Taça Nelson Mandela.

Fotografia: DR

O desafio da segunda-mão disputa-se a 21 do corrente, às 16h00, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda.
A agremiação congolesa está na 13ª posição da tabela classificativa da Super Liga da RDC, com seis pontos em oito jogos disputados e somou quatro derrotas. A AS Nyuki, que marcou quatro golos e sofreu oito tentos no seu campeonato, venceu uma vez e empatou três. A prova é liderada pelo TP Mazembe, com 34 pontos. O Muungano encontra-se na 16ª posição da classificação geral da Super Liga com três pontos.
Na eliminatória anterior, os tricolores afastaram a formação tswanesa do Orapa United FC. No desafio da primeira-mão, o Petro goleou o Orapa United FC, por 4-0, no 11 de Novembro. No desafio de resposta, os angolanos voltaram a triunfar sobre os tswaneses (2-0), na cidade de Francistown, Botswana.
Já a AS Nyuki fez o que lhe competia no seu reduto, ao superar na quarta-feira à tarde, no Estádio dos Mártires, por 3-1, o Al Ahly Shan-
dy do Sudão, após marcação de penalties. No tempo regulamentar, a equipa da RDC, com golo solitário de Osomba Omajondo, empatou a eliminatória. Na primeira mão, os congoleses perderam com os sudaneses, por 0-1, na cidade de Omdurman, arredores de Cartum.

Regresso a Luanda
Após o regresso ontem à tarde a Luanda, o Petro retoma hoje, às 8h30, os trabalhos de preparação no campo Osvaldo Saturnino de Oliveira “Jesus”, visando o desafio com o Recreativo da Caála.
A partida, a contar para a quinta jornada do Girabola’2018/2019 disputa-se domingo, às 16h00, no Estádio Nacional 11 de Novembro.
Na primeira parte da sessão de treino, o preparador físico do clube Maurício Marques recupera os jogadores, devido ao desgaste da viagem entre Francistown e Luanda (aproximadamente quatro horas de voo).
Na segunda e última fase da actividade, o técnico Beto Bianchi vai montar os esquemas de jogo com realce para a melhoria da finalização, mas sem descuidar da organização defensiva.  
Os tricolores estão na primeira posição da tabela classificativa do Girabola com oito pontos, enquanto o Caála ocupa o 13º lugar, com três.

Tempo

Multimédia