Desporto

Pilotos do Rali Raid enfrentam dificuldades

Armindo Pereira

Joaquim Vicente, piloto da classe Q (moto quatro), do Campeonato Angolano de Rali Raid (CARR) mostra-se preocupado com as dificuldades impostas aos atletas nos dias de treino, apesar do Estado de Emergência contemplar a prática de actividade desportiva em espaços abertos.

Fotografia: DR

Em declarações ao Jornal de Angola, o corredor do Team Pilotos de Domingo diz não perceber a atitude de alguns agentes da ordem pública nos postos de controlo, uma vez que as pistas estão localizadas fora dos centros urbanos, no Km 36, em Viana, e outra na comuna do Bom Jesus, em Icolo e Bengo.

“Temos realizado treinos aos fins-de-semana. A nossa principal dificuldade é passar com as máquinas por cima das carrinhas ou trailers. Alguns são forçados a retornar para Luanda, porque não conseguem passar”, lamentou o corredor, tendo apelado às autoridades alguma flexibilidade. Existe a possibilidade do CARR retomar no final de Junho próximo, razão pela qual haver um aumento de pilotos a cada final de semana. João Catarino, campeão da classe M (moto duas rodas) fez o primeiro treino domingo último, desde a paralisação da competição. A temporada teve início a 23 de Fevereiro, com o “Rali TT Dunas”, a Sul do município do Tômbwa, no interior do Parque Nacional do Yona, na província do Namibe.

Tempo

Multimédia