Desporto

Polícia reforça efectivos

A Polícia Nacional mobilizou quinhentos efectivos, para garantir a segurança dos espectadores do jogo entre as selecções de Angola e da Mauritânia, a disputar-se hoje, às 16h00, no Estádio Nacional 11 de Novembro.

Fotografia: Edições Novembro

Além dos efectivos destacados, duzentos Assistentes de Recinto Desportivos (ARD) vão auxiliar a polícia   no interior do estádio. Fonte próxima à Polícia Nacional adiantou, ao Jornal de Angola, que medidas de punição rígidas vão ser tomadas contra os que tentarem criar desordem.
“Apelo à população no sentido de apoiar a selecção. O que está em causa é a Nação, logo todos que se fizerem presentes devem puxar pelos Palancas Negras de forma ordeira, respeitando sempre as normas de boa convivência”, alertou.
A fonte realçou ainda com bastante tristeza a tragédia, ocorrida no dia 15 de Outubro, após a final do jogo da Liga dos Clubes Campeões Africanos, entre as equipas do 1º de Agosto e do TP Mazembe da República Democrática do Congo, onde faleceram cinco pessoas, quando os adeptos já abandonavam o recinto.
“É triste, porque o desporto é uma festa e não pode terminar em luto. Por isso, apelamos uma vez mais aos amantes do desporto, que se dirigirem ao estádio, para obedecerem as orientações das Forças de Segurança”, disse.   Os portões do Estádio serão abertos ao público três horas antes do jogo.

Tempo

Multimédia