Desporto

Polícias sofrem goleada no provincial de andebol

A Marinha de Guerra venceu o Interclude por 31- 22,  na sexta-feira à noite, no pavilhão do Clube dos Caçadores, no Miramar, em Luanda, na partida de destaque da quarta jornada da primeira volta do Torneio de Abertura em andebol sénior masculino.

Apesar da derrota o Inter às ordens de Tchikolaev continua líder da prova com dez pontos
Fotografia: Kindala Manuel|Edições Novembro

Ao intervalo, o marcador assinalava 19-13, a favor dos marinheiros que, contrariando as previsões, dominaram os polícias durante os sessenta minutos de jogo.
O triunfo permite ao comandados de Nelson Catito aproximar-se dos polícias, no topo da classificação, com menos um ponto e ainda um jogo por disputar, sendo nesta altura a única formação invicta na prova. Após três vitórias, sobre 1.º de Agosto, Exército e Petro de Luanda, o Interclube consente assim a maior goleada da prova, e pode perder a liderança, caso os marinheiros vençam os petrolíferos na próxima jornada, onde os actuais líderes descansam por força do calendário.
No mesmo dia, no Catetão, o 1.º de Agosto venceu o Petro de Luanda por 26-22, após favoráveis 11-10 ao intervalo, conseguindo assim a primeira vitória na prova. Favoritos à partida, os campeões nacionais desfizeram o equilíbrio nos derradeiros quinze minutos de jogo, com o treinador Filipe Cruz a lançar para a quadra vários jovens estreantes na equipa principal.
O Interclube lidera a prova com 10 pontos, seguido da Marinha de Guerra com 9, 1.º de Agosto e Petro com  4 e Exército com 3. Na próxima quarta-feira, o 1.º de Agosto recebe o Exército no Clube de Caçadores, em partida de acerto de calendário. Na sexta-feira, começa a segunda volta da prova, com os jogos 1.º de Agosto-Interclube e Petro de Luanda-Marinha de Guerra.
Em femininos, na única partida disputada esta semana, Marinha de Guerra e ASA empataram a 22 golos, depois do parcial de 13-9, a favor das aviadoras, ao intervalo. 1.º de Agosto e Progresso Sambizanga não jogaram, face à deslocação das militares a cidade de Hammamet, Tunísia, onde entram hoje em acção, na Taça de África dos Clubes Campeões. O Petro de Luanda não jogou por força do calendário.

Tempo

Multimédia