Desporto

Portugal e Irão discutem a outra vaga no Grupo B

As selecções de Portugal e do Irão defrontam-se hoje, às 19h00, na Arena Saransk, para a terceira jornada do Grupo B, num desafio em que dois resultados (vitória e empate) permitem aos campeões europeus avançar para os oitavos-de-final no Mundial da Rússia 2018.

As selecções de Portugal e do Irão defrontam-se hoje, às 19h00, na Arena Saransk, para a terceira jornada do Grupo B, num desafio em que dois resultados (vitória e empate) permitem aos campeões europeus avançar para os oitavos-de-final no Mundial da Rússi
Fotografia: DR

O dia de competições reserva ainda, para o mesmo grupo, o Espanha - Marrocos, às 19h00, com o marroquinos já eliminados. Às 15h00, o Uruguai defronta a Rússia, para o Grupo A.
Fernando Santos, seleccionador português  realçou a qualidade da selecção adversária, afirmando que “vai ser um jogo difícil”, uma vez que “o Irão é a melhor equipa asiática”.
“Observei todos os jogos do Irão na qualificação e fiquei com a certeza da qualidade da equipa”, disse. “É uma equipa muito organizada, experiente, com jogadores que jogam na Europa”.
Contudo, o técnico tem esperança: “Será um jogo muito duro, mas acredito que podemos chegar aos oitavos-de-final”.
Carlos Queiroz fez a antevisão do jogo de hoje com Portugal. O seleccionador do Irão assume partida com carácter especial, salientando o sonho de poder garantir a qualificação para os oitavos de final do Mundial.
“É um privilégio e uma honra estarmos nesta posição. Estamos vivos e cheios de esperança para conseguir uma qualificação histórica. Vamos defrontar um candidato à vitória final, mas estamos prontos para competir com plena honra e dignidade”, referiu Queiroz.
Sobre Portugal, Queiroz só fez elogios: “Digo que é um dos candidatos por elogio, basta ver jogadores como Éder, Nani, André Gomes, Nélson Semedo, João Cancelo ou Rony. Quantas selecções do mundo podem deixar jogadores destes de fora?”, questionou.
Com o seleccionador falou o experiente médio Masoud Shojaei, que salientou a vontade e o entusiasmo reinante para vencer Portugal e poder garantir a qualificação para os oitavos de final.
Classificados antecipadamente para os oitavos-de-final do Mundial, Uruguai e Rússia decidem a liderança do Grupo A, às 15h00, na terceira e última jornada. Por ter um saldo de golos superior a Rússia precisa apenas de um empate para se manter no topo. Arábia Saudita e Egipto jogam uma hora mais tarde para cumprimento de calendário.

Tempo

Multimédia