Desporto

Projecto pretende cobrir todo o território nacional

Armindo Pereira

O projecto denominado “Basquetebol para Todos”, voltado para a massificação da modalidade, levado a cabo pela empresa chinesa Sinotrans, pretende chegar a todas as províncias do país, revelou ao Jornal de Angola, o coordenador Osvaldo Fernando “Ndinho”.

Iniciativa pretende envolver as crianças em idade escolar
Fotografia: DR

Escolas do ensino primário do Bengo, Luanda, Benguela, Cuanza-Norte, Malanje, Cuanza-Sul, Huambo, Bié, Cuando Cubango, Uíge, Zaire e Lunda-Norte já beneficiaram de um kit, composto por um par de tabelas, 50 mudas de equipamentos, 15 bolas e apitos. 

“Além de estar envolvida na reconstrução dos caminhos de ferro, a Sinotrans assume-se como parceira do Governo nos projectos de fomento do desporto escolar, coordenado pelo Ministério da Educação, e queremos atingir as 18 províncias de Angola”, explica o coordenador .
A iniciativa está enquadrada na responsabilidade social daquela empresa de construção. Segundo o professor de basquetebol, com estas acções, pretende-se propiciar aos petizes um espaço de recreação e promoção do bem-estar deles, assim como criar futuros executantes da modalidade.
Desde a implementação do projecto, a comitiva tem sido integrada por dois juízes, cujo objectivo é dotar os professores e monitores de educação física de conhecimento das regras de arbitragem, na eventualidade de manifestarem algum desconhecimento.
A última acção teve lugar a 28 de Setembro, em Malanje, na Escola Primária Nº 74.
Na ocasião, o director do Gabinete Provincial da Educação, Joaquim Fernandes, enalteceu a iniciativa, e apelou a expansão do projecto nas outras escolas da província, de modo a beneficiar mais crianças.

Tempo

Multimédia