Desporto

Prova reata quinta-feira com o derby mais antigo

António Cristóvão

O Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola, reata nesta quinta-feira à tarde com os jogos Petro de Luanda-Saurimo FC e ASA-1º de Agosto, em Luanda, para a terceira jornada depois de um interregno de dois finais de semana, para o encontro dos Palancas Negras e Cavalos do Burkina Faso.

Aviadores pretendem contrariar favoritismo dos comandados do regressado Dragan Jovic
Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

Na primeira contenda, o Petro recebe na quinta-feira, às 16h00, o Saurimo FC no Estádio Nacional 11 de Novembro, com favoritismo dos anfitriões devido ao maior número de títulos no Girabola, mas os forasteiros pretendem contrariar a ambição dos tricolores na capital.
Noutro desafio, o 1º de Agosto desloca-se ao Estádio Municipal dos Coqueiros, na baixa de Luanda, onde enfrenta o ASA. Um dos “derbys” mais antigo do Girabola, mas longe da qualidade da década de 80, que entusiasmava multidões.
Nas duas partidas disputadas, em 2017, os militares venceram os aviadores, por 2-0, no Estádio Nacional 11 de Novembro, e 1-0 no Estádio Municipal dos Coqueiros.
As duas contendas foram antecipadas pela Federação Angolana de Futebol (FAF), devido ao engajamento dos militares do Rio Seco e tricolores, na próxima semana, nas competições africanas de clubes.
Na terça-feira, 27 deste mês, o Petro encara o Orapa United (Botswana), às 16h00, no Estádio Nacional 11 de Novembro, referente à primeira mão da preliminar da 16ª edição da Taça Nelson Mandela.
No mesmo recinto, o 1º de Agosto joga com AS Otoho do Congo, no dia 28 deste mês, também para a primeira mão da preliminar da 23ª edição da Liga dos Clubes Campeões Africanos de Futebol.
A terceira ronda do Girabola prossegue no sábado à tarde, com o desafio entre Recreativo do Libolo e Sporting de Cabinda, às 15h00, na vila de Calulo, província do Cuanza-Sul. Na sequência da jornada, o Recreativo da Caála desloca-se à Luan-da, onde defronta o Progres-so Sambizanga, às 16h00, no Estádio Municipal dos Coqueiros.
A ronda continua no domingo, com o jogo entre Académica do Lobito e Sagrada Esperança , às 15h00, no Estádio do Buraco, na província de Benguela.
O Kabuscorp do Palan-ca tem uma deslocação difícil à cidade do Lubango, onde vai defrontar o Desportivo da Huíla, no Estádio do Benfica.
Mário Soares, técnico dos militares da Região Sul, promete honrar o futebol com uma óptima exibição perante o seu público. Na edição passada do Girabola, as duas equipas empataram a uma bola no Estádio do Ferroviário, no Lubango.
Santa Rita de Cássia e FC Bravos do Maquis enfrentam-se , às 15h00, no Estádio Municipal 4 de Janeiro, na capital da província do Uíge. Um desafio entre equipas que lutam pela manutenção na competição.
O Interclube desloca-se no final de semana à cidade do Cuito, província do Bié, onde joga no domingo, às 15h00, com a equipa do Cuando Cubango no Estádio dos Eucaliptos. O conjunto da Polícia Nacional assume o favoritismo pelos três pontos,depois de ter vencido o adversário duas vezes na edição passada do Girabola.
Na primeira volta, o Interclube venceu com imensas dificuldades o Cuando Cu-bango, por 1-0, no Estádio Municipal de Menongue, enquanto na segunda goleou (4-0), no Rocha Pinto.

Tempo

Multimédia