Desporto

Provas de karting têm novo molde de disputa

O novo modelo de disputa dos campeonatos provinciais e nacionais de karting, para a época desportiva 2019, foi aprovado num encontro promovido pela Federação Angolana dos Desportos Motorizados (FADM), realizado recentemente em Luanda.

Disciplina passa a ter regiões (Norte e Sul) para competições
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

A decisão foi tornada pública em comunicado de imprensa, elaborado após a realização do encontro, testemunhado por responsáveis das equipas, pilotos e amantes da modalidade. Na ocasião, foram apresentados dois modelos de disputa da competição.
Do modelo aprovado, segundo a nota, constam os campeonatos regionais Sul e Norte. Para o Sul, os pilotos disputam quatro provas. As províncias de Benguela, Huambo, Namibe e Huíla vão acolher uma corrida cada.  Bié, Moxico, Cunene e Cuando Cubango são as outras integrantes desta região desportiva. O mesmo ocorre no Norte, cujo campeonato regional contempla cinco corridas disputadas  nas províncias de Luanda, Malanje, Cabinda e Cuanza-Sul. Bengo, Zaire, Uíge, Cuanza-Norte e as Lundas Sul e Norte fazem parte da região.
Todas as corridas  que contam para o Campeonato Angolano de Karting (CAK'2019) serão de dupla jornada (sábados e domingos). Em Maio, Benguela acolhe a primeira prova e Luanda a segunda,  em Outubro. No meio delas haverá outras duas, a serem disputadas uma na região Norte e outra na Sul, refere o documento.
No encontro, Yuri Costa foi indicado para dirigir a comissão técnica para o Karting, e recomendou a constituição de um colégio de comissários desportivos no prazo de uma semana.A FADM decidiu que os vencedores do CAK'2019 nas categorias de MAX, DD2 e KZ  representam o país, em 2020, em duas corridas internacionais na África Sul e na Europa.

Tempo

Multimédia