Desporto

Provas envolveram mais de 500 atletas

Quinhentos e sessenta e oito atletas, nos escalões de iniciados, juvenis e juniores, em ambos os sexos, participaram recentemente durante vinte e um dias, no Campeonato Nacional de Voleibol, disputado na Arena Refriango, em Luanda.

Fotografia: DR

Sob a égide da Federação Angolana da modalidade (FAVB), o nacional marcou o encerramento da época desportiva 2017/2018 e contou com a participação de oito equipas femininas e de outras tantas em masculinos, em representação da anfitriã Blue Vólei Clube (BCV), Resnacer Estoril, Refriango, MTA, 1º de Agosto, Petro de Luanda, Águias de Luanda,Atlético do Namibe, Malanje Vólei Clube e Colégio São Francisco de  Assis. Com 183 atletas, nos iniciados, em ambas as classes, a formação da Refriango terminou na primeira posição. O Renascer Estoril e o MTA ocuparam as posições seguintes, em masculinos.

Em femininos, o título coube ao MTA, ao passo que o BCV se quedou na segunda posição. O conjunto rubro-negro foi terceiro. Nos juvenis masculinos, o BVC revalidou o título de campeão nacional, superando a concorrência do MTA e a Refriango.

Para a mesma categoria, em femininos, o BCV arrebatou o troféu. O 1º de Agosto e a formação do Eixo Viário completaram o pódio. As provas envolveram um total de 176 atletas. A disputa nos juniores masculinos e femininos envolveu 209 atletas e os “agostinos” conquistaram os títulos. De acordo com o programa da FAVB, no mês de Março, abre a época 2019/2020. 


Tempo

Multimédia