Desporto

Queda de painéis obriga a mexidas na Espanha

António Ferreira

A Espanha sofreu um revés nas últimas vinte e quatro horas, na sequência da queda de placas de Led dos painéis publicitários durante uma sessão de treino, resultando em lesões aos jogadores Rodrigo Corrales e Aitor Arinõ.

Fotografia: DR

Em função do incidente, a Comissão Técnica do Mundial 2019 autorizou a inscrição do guarda-redes Arpad Sterbik, em substituição de Corrales, bem como a troca de Iosu Goñi por Dani Dujshebaev, por opção técnica.
Em comunicado, a Federação Internacional de Andebol (IHF) lamenta o facto e instou a organização da prova a proceder à vistoria de todos os painéis, para que incidentes do género não se repitam.
O substituto do guarda-redes Rodrigo Corrales, o espanhol naturalizado Arpad Sterbik, já treinou com a selecção e amanhã será utilizado contra o Brasil, para a última jornada dos oitavos-de-final.
Na abertura da segunda fase, Bahrein, Áustria, Espanha, Dinamarca, Alemanha, Rússia, Suécia e Hungria, procederam a alterações nos seus plantéis.
A Áustria também fez a sua última troca, com o técnico Patrekur Johannesson a optar por Sebastian Spendier no lugar de Maximilian Hermann. A Dinamarca trocou Rene e Henrik Hansen.
Por seu turno, a Alemanha fez a sua primeira substituição, Kai Hafner por Franz Semper, enquanto a Rússia trocou o pivô Egor Evdokimov por Gleb Kalarash. Na Suécia, Jim Gottfridsson foi substituído por Fredric Pettersson, e na Hungria, Zoltan Szita substitui Gabor Csaszar.

Tempo

Multimédia