Desporto

Rádio 1º de Agosto inicia a emissão já este mês

António de Brito

A estação emissora do 1º de Agosto, a ser inaugurada este mês na Cidade Desportiva, localizada no ex-Regimento de Transmissão, comporta estúdios de emissão, gravação e redacção. A rádio vai emitir programas de carácter desportivo, social e entretenimento.

Emissora do Clube Central das Forças Armadas vai funcionar na Academia da agremiação
Fotografia: DR

 


Para obtenção da licença, a direcção da formação militar cumpriu todos os pressupostos legais junto do Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social.
Em frequência modulada (FM), a emissão poderá ser escutada ainda nas plataformas digitais (online), uma vez que os adeptos rubros e negros estão espalhados pelos quatro cantos do mundo.

O início e fecho da emissão da estação são tornados públicos no dia do corte da fita, bem como os quadros seleccionados para garantir aos radiouvintes um serviço de isenção e qualidade. Com a inauguração da rádio, o 1º de Agosto vai poupar dinheiro com gastos em publicidades, e encaixar valores monetários com anúncios de divulgação de tarefas de entidades singulares e colectivas. Em África, o 1º de Agosto entra no grupo restrito de clubes com rádio própria, depois do Al Ahly (Egipto) e Esperance de Tunis (Tunísia).

Actividade na Academia

Após a conclusão de algumas estruturas físicas, a direcção do 1º de Agosto transferiu o funcionamento de alguns departamentos para a Cidade Desportiva. A maior dos imóveis erguidos no local está concluída, casos do Internato 4 de Abril, pavilhão Paulo Bunze, Centro de Performance Desportiva. Na fase de conclusão estão o estádio António dos Santos França “N’dalu”, piscina olímpica, residências e o Instituto de ensino.

Ainda este mês, acontece a campanha para a venda de lugares cativos anuais no estádio França “N’dalu”, com capacidade para 20 mil espectadores. Na época futebolística 2020/21, o tetracampeão angolano pretende efectuar os jogos do Girabola, Taça de Angola e Liga dos Clubes Campeões no França N'dalu.
Em relação às obras, os trabalhos encontram-se na recta final, visto que o segundo anel do estádio está praticante terminado. Neste momento, o empreiteiro faz os acabamentos finais, com a colocação das cadeiras nas bancadas e apetrechamento dos balneários.

A cumprir o terceiro mandato na presidência de direcção, Carlos Hendrick da Silva espera durante os próximos quatros anos de mandato concluir o projecto iniciado em 2011, quando substituiu no cargo ao irmão mais velho Raul Hendrick. “ A responsabilidade social tem sido o nosso maior compromisso com os atletas, treinadores e funcionários. Não podemos ter sucesso na alta competição, sem infra-estruturas adequadas. Daí a razão da construção da Academia”, disse o presidente reeleito do 1º de Agosto.

O 1º de Agosto dá emprego directo e indirecto a duas mil pessoas, entre atletas, treinadores e funcionários de 16 modalidades, designadamente futebol, basquetebol, andebol, hóquei em patins, voleibol, natação, atletismo, tiro aos pratos, xadrez, judo, taekwando, karaté, vela, pesca desportiva, canoagem e ténis.

Tempo

Multimédia