Desporto

Sagrada e Maquis abrem 17ª jornada do Girabola´2019/20

António de Brito

As equipas do Sagrada Esperança e do FC Bravos do Maquis abrem hoje, às15h00, na cidade do Dundo, a disputa da 17ª jornada do Campeonato Na- cional de Futebol da I Divisão, Girabola’2019/20, no “dérbi” entre equipas do leste do país.

Fotografia: DR

Derrotada, na ronda passada, na visita ao Interclube, por 2-0, a formação diamantífera pretende regressar às vitórias na competição, num jogo que marca a estreia de Rui Sapiri à frente da equipa técnica, regresso chancelado da nova direcção presidida por José Muacabalo.
Sapiri substitui no cargo a Paulo Torres, por força dos maus resultados da equipa, ao passo que Muacabalo rendeu na presidência do clube Osvaldo Van-Dúnem.
Após as mudanças operadas no Sagrada, o Maquis tem seguramente uma deslocação difícil, visto que o conjunto anfitrião espera conquistar os três pontos, para continuar na disputa dos cinco primeiro lugares do campeonato.
Os lundas a jogarem em casa são difíceis de serem ultrapassados. Sendo o 1º de Agosto, a única equipa que conseguiu ganhar naquele reduto.
À mesma hora, o Sporting de Cabinda recebe a Académica do Lobito, no Estádio Municipal do Tafe. Vindos de um percalço na ronda anterior, frente ao Recreativo do Libolo, por 3-1, na deslocação a Calulo, aos leões cabindenses apenas a vitória interessa.
Por sua vez, a Académica não jogou no arranque da segunda volta, por imperativo de calendário, face a desqualificação do 1º de Maio de Benguela. Atendendo aos propósitos de ambas, espera-se por um jogo disputado e de resultado imprevisível.
Amanhã, na sequência da jornada, o Wiliete de Benguela defronta o Recreativo do Libolo, às 16h00, no Estádio Municipal de Ombaka. O Santa Rita de Cássia mede forças com o Cuando Cubango FC, a partir das 15h00, no Estádio 4 de Janeiro.
O Ferrovia do Huambo joga com o Interclube, às 15h00, no Estádio dos Kuricutelas. As partidas Desportivo da Huíla-1º de Agosto e Progresso Sambizanga - Petro de Luanda ficam adiadas, por força do envolvimento dos “militares” e “petrolíferos” nas Afrotaças. O Caála folga na jornada.
O 1º de Agosto é o líder com 37 pontos, seguido do Petro, com 36.

Tempo

Multimédia