Desporto

Salah pode concretizar um sonho de infância

O avançado egípcio do Liverpool, Mohamed Salah, está a poucas horas de concretizar um sonho de infância, jogar a final da Liga dos Campeões e acredita que pode fazer história mesmo que pela frente tenha o Real Madrid, equipa que mais Champions conquistou. Em entrevista à UEFA, o avançado de 25 anos, deixa largos elogios a Klopp e admite que no outro lado vai estar um dos seus ídolos de criança.

 

 

Craque egípcio é a principal referência na equipa inglesa
Fotografia: DR

“Ganhar a Liga dos Campeões é muito importante. Jogar a final é um sonho tornado realidade. O Real Madrid ganhou três vezes nos últimos quatro anos, tem muita experiência, mas podemos ganhar. É só um jogo, não dois, por isso temos de nos concentrar e não pensar no passado. São onze contra onze”, afirmou Salah.
O avançado diz que é importante o facto do treinador do Liverpool, Jürgen Klopp, explicar o que pretende mas também a liberdade que dá aos jogadores de fazer o seu jogo: “Ajuda-te a ter mais rendimento. E não só comigo, é com todos. Ele é amigo de todos na equipa”, diz, revelando que o grupo é bastante unido e que convive bastante: “Isso é importante e ajuda-nos durante os jogos”, admitiu o avançado egípcio que elege “Totti, o brasileiro Ronaldo e Zidane” como os seus ídolos de infância.
Mohamed Salah interrompeu o Ramadão para disputar a final da Liga dos Campeões. O avançado, muçulmano praticante, encontrava-se a fazer jejum desde 16 de Maio, altura do início do mês sagrado, sendo que não podia comer nem beber do nascer até ao por do sol.
No entanto, o Liverpool já tinha pedido a Salah, figura maior do clube, para fazer uma pausa no jejum para hoje estar na plenitude das suas capacidades, visando o confronto com o Real Madrid. Agora, a interrupção foi confirmada por Rubén Pons, fisioterapeuta espanhol que trata o jogador.
“Pelo que sei, em Marbella o Salah estava a cumprir o Ramadão. Foi por causa disso que elaborei um plano específico para ele durante estes dias. No entanto, na sexta-feira e no dia do jogo não fará jejum, pelo que não o vai afectar. Depois da final retomará o período de jejum”, apontou, em declarações à Onda Cero.
Campeões.

Tempo

Multimédia