Desporto

Sebastian Vettel parte à frente na Alemanha

Sebastian Vettel assegurou a "pole position" do GP da Alemanha com novo recorde de Hockenheim, batendo Valtteri Bottas por 0.204s, com o finlandês a ter a "pole" provisória por breves momentos, já depois do relógio regressivo ter chegado a zero.

Fotografia: DR

Kimi Raikkonen foi terceiro na frente de Max Verstappen, com Kevin Magnussen a saltar para a posição de melhor piloto, para além dos homens da Ferrari, Mercedes e Red Bull, com o seu companheiro de equipa na Haas, Romain Grosjean, a ficar colocado logo a seguir.
Nico Hulkenberg, Carlos Sainz, Charles Leclerc e Sergio Perez fecharam o top 10.
Na primeira série de voltas da Q3, Sébastien Vettel foi o mais rápido, batendo Valtteri Bottas por 0.170s, com Kimi Raikkonen em terceiro a 0.341s do seu companheiro de equipa. Max Verstappen não fez melhor que quarto a 0.793s, enquanto Romain Grosjean foi o melhor dos ‘outros’ a 1.005s da frente.
Numa fase da qualificação em que Lewis Hamilton ficou pelo caminho, não por ter sido eliminado, mas porque teve um problema hidráulico no seu monolugar, de fora na Q1 ficaram Esteban Ocon, Pierre Gasly, Brendon Hartley, Lance Stroll e Stoffel Vandoorne, por esta ordem.
O piloto inglês teve problemas hidráulicos com a caixa de velocidades do seu Mercedes, ficando parado em pista. Ainda tentou empurrar o carro para as boxes, já que o registo que tinha feito anteriormente era suficiente para passar à Q2, mas os regulamentos impedem-no, pelo que foi infrutífera a tentativa.
Desta forma, Hamilton vai partir, na melhor das hipóteses, de 14º, pois Daniel Riccardo vai arrancar o final da grelha porque a Red Bull se viu na obrigação de trocar peças do motor Renault do monolugar do australiano.

Tempo

Multimédia