Desporto

Seis judocas angolanos na lista provisória da FIJ de qualificação

António Ferreira

Os judocas angolanos Acácio Quifucussa (-73 Kg), Casimiro Bento (-100 Kg), Frederico João (-90 Kg), Hélio Zembula (-66 Kg), Diassonema Mucungui (-57 Kg) e Rosa Domingos (-52 Kg) figuram entre os candidatos a uma das vagas de participação no torneio dos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, de acordo com a listagem individual provisória de qualificação da Federação Internacional (FIJ).

Fotografia: Dr

Com os mínimos de pontuação a serem al-cançados até 25 de Maio de 2020, Diassonema Mucungui (-57 Kg) e Acácio Quifucussa (-73 Kg) são os judocas angolanos melhor posicionados no “ranking”, com 615 e 146 pontos, respectivamente. Diassonema é 60ª e Acácio está no centésimo décimo nono lugar, porém insuficientes para a qualificação para os Jogos Olím- picos de Tóquio.
Casimiro Bento, surge no 166º posto com um somatório de 18 pontos, ao passo que Frederico João, Hélio Zembula e Rosa Domingos, todos com 3, estão no 293º, 368º e 276º lugares. Os quatro, em função do sistema de pontuação, têm poucas hipóteses de atingir os mínimos para participação nos Jogos de Tóquio.
Os seis, os únicos an-golanos que constam do “ranking” individual de qualificação, com os pontos que actualmente ostentam ainda não atingiram os mínimos de elegibilidade para o torneio, que terá um quadro de 352 competidores, de acordo com a lista de classificação mundial da FIJ.
Pela primeira vez a quota de participação para homens e mulheres é igual, sendo 176 para cada género. 14 lugares (sete+sete) estão reservados ao país anfitrião e 20 para convites, o que dá um total de 386 atletas participantes do torneio dos Jogos de Tóquio. O número máximo de atletas por Comité Olímpico Nacional é de 7 homens e igual número de mu-lheres, com o máximo de 1 atleta por evento.
Para cada uma das sete categorias de peso, os 18 atletas mais bem classificados no “ranking” da FIJ - a fixar até 25 de Maio de 2020 -, serão qualificados directamente, com o máximo de um por Comité Olímpico. Um adicional de 100 judocas serão directamente qualificados, de acordo com o “ranking”, numa base de representação continental.

Tempo

Multimédia