Desporto

Selecção de Futsal aprimora detalhes tácticos na Cidadela

António Cristovão

As correcções do sistema de jogo dominaram ontem a sessão de treinos da Selecção Nacional de Futsal sénior masculina, no âmbito da preparação para o desafio com a similar da Zâmbia, a 23 do corrente, na cidade de Lusaka, referente à primeira mão da eliminatória de apuramento à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN), a decorrer em Abril de 2020, em Laâyounne, Marrocos.

Fotografia: Agostinho Narciso |?Edições Novembro

Antes de entrar nos aspectos tácticos, o grupo de trabalho efectuou, no Pavilhão Anexo I da Cidadela, os habituais exercícios para a recuperação física, devido ao repouso do fim de semana.
Na segunda parte da preparação, o técnico Benvindo Inácio fez alinhar de um lado os elementos do sector defensivo e do outro os jogadores do ataque, para ensaiarem as situações de jogo, com realce para a finalização e a organização defensiva.
Durante a sessão de treino, o seleccionador nacional in-terrompia constantemente a preparação para corrigir os movimentos dos jogadores na construção das jogadas de ataque. Amanhã, às 19h00, a Selecção Nacional disputa um jogo-treino com um Misto de Luanda, treinado pelo técnico “Kim Kim” Inácio, da equipa da Clínica Sagrada Esperança. Na semana antepassada, o “cinco” nacional goleou o mesmo adversário, por 11-0, no Anexo I da Cidadela. Depois do desafio para observar a qualidade do grupo, Benvindo Inácio vai dispensar dois jogadores.
Na sexta-feira passada, a equipa técnica dispensou o ala Santinho devido a um problema lombar na coluna.
Para Lusaka, a Selecção Nacional segue no próximo domingo, e o corpo técnico prevê levar 14 atletas.
Benvindo Inácio está a trabalhar com os guarda-redes Neblu, Gomito e Chico, os fixos Osna, Léu, Nonó e Mano Sele, os alas Caluanda, Jó, Nuno, Mano, Bebucho e Dias e os pivots Rafa, Danilo e Prado.
O desafio da segunda mão disputa-se no próximo dia 29 do corrente, às 16h00, no Pavilhão Gimnodesportivo da Cidadela, no Distrito Urbano do Rangel. Além dos anfitriões, as selecções de Moçambique e do Egipto encontram-se já qualificadas para o Africano.

Tempo

Multimédia