Desporto

Selecção Sub-17 testa com o Vila Nova FC

António Cristóvão

A Selecção Nacional Sub-17 de Futebol efectua hoje, às 19h30, em Luanda (15h30, locais) um desafio amistoso com a similar dos Camarões no campo do Centro de Treinos de Vila Nova, na cidade brasileira de Goiânia, no quadro da preparação de ambas para a disputa do Campeonato do Mundo, a decorrer de 26 do corrente a 17 de Novembro, no Brasil.

Equipa nacional ganha ritmo competitivo com jogos amistosos
Fotografia: Agostinho Narciso |?edições novembro

Depois do jogo de preparação com a congénere do Equador,disputado segunda-feira no mesmo recinto, o técnico Pedro Gonçalves identificou as falhas que pretende corrigir neste desafio amistoso.
Neste fim-de-semana, Pedro Gonçalves agendou mais um encontro particular nas instalações do Centro Vila Nova, mas ainda aguarda pela confirmação e a indicação do adversário. Com estes desafios, a equipa técnica está a tirar várias conclusões sobre o comportamento dos atletas nas posições que ocupam, para a definição do “onze” inicial da Selecção Nacional e ajustar alguns detalhes dos aspectos tácticos colectivos.
Pedro Gonçalves garantiu que o grupo está bem, depois da recuperação de Zine (restaurado de um problema gripal). “Por aqui estamos bem, unidos e coesos. Aos poucos, estamos a entrar nas nossas rotinas diárias”, declarou o técnico, que falou também sobre a adaptação do grupo à mudança de fuso horário.
Estas selecções defrontaram-se pela última vez no Campeonato Africano das Nações (CAN), disputado no mês de Abril de 2018, na Tanzânia, com triunfo dos Camarões, após prolongamento, por 3-4, no Estádio Nacional da Tanzânia, em Dar-es-Salaam, para as meias-finais. No tempo regulamentar, a Selecção Nacional e a dos Camarões estavam igualadas sem golos. No Mundial, Angola está no Grupo A, ao lado do Brasil, Canadá e Nova Zelândia, enquanto os Camarões encontram-se no Grupo E, com a Argentina, Espanha e Tadjiquistão.

Felicitações

Pedro Gonçalves saudou os integrantes da Selecção Nacional de Futebol para Amputados pelo título de campeões africanos, conquistado no pretérito dia 11 deste mês, no Estádio São Filipe, na cidade de Benguela.
“Felicito a Selecção Nacional de Futebol para Amputados pelo título. São um exemplo de dedicação, resiliência e superação”, disse o treinador satisfeito pelo feito conseguido pelo homólogo “Cheto” Baptista.
Os novos campeões africanos interromperam o ciclo de triunfos da Libéria, ao derrotar a Nigéria, por 2-0, no Estádio de São Filipe, na cidade das Acácias Rubras, em jogo da final, com dois golos de belo efeito de Sabino António, 37 anos.
Na primeira fase da 5ª edição do Campeonato Africano de Futebol para Amputados, disputado de 4 a 11 do corrente, Angola e Nigéria empataram a dois golos, no Estádio São Filipe, referente à quinta e última jornada.
Além da Selecção Nacional, Nigéria e Libéria (tricampeão africano), competiram também Tanzânia, Camarões e Serra Leoa.

Sub-16 enfrentam Zâmbia nas meias-finais da Taça Cosafa

A Selecção Nacional Sub-16 de Futebol e a similar da Zâmbia jogam, amanhã, às 13h30, em Luanda (14h30), no Estádio Mpira, na cidade de Blantyre, Malawi, para as meias-finais do torneio da Taça Cosafa.
Para chegar às meias-finais, os angolanos golearam na terça-feira à tarde as Comores, por 3-0, no Estádio Mpira, em desafio da terceira e última jornada do Grupo B, com golos de Lopes, aos 47 minutos, Chiquinho (62') e Muhongo (90'+3).
Com este triunfo, os Sub-17 ocuparam a segunda posição do grupo, com seis pontos, atrás de Moçambique no primeiro lugar, com sete. A selecção da Zâmbia venceu, ontem à tarde, com imensas dificuldades o Malawi, por 3-2, no Estádio Mpira, a contar para a terceira jornada e última jornada do Grupo A.
Os golos dos zambianos foram apontados por Phiri (6'), Mulenga (49') e Chikola (65'), enquanto pelos anfitriões marcaram Mahowa (21') e Salima (58').
Noutro desafio da ronda, África do Sul e e-Swatini (ex-Swazilândia) empataram a um golo, no Estádio Kamuzu, também em Blantyre. Makhanya abriu o marcador, aos 41 minutos, para os swazis, mas na etapa complementar o sul-africano Mahlangu igualou a partida aos 63'. Com este resultado, Moçambique joga diante da congénere de e-Swatini amanhã, às 11h00, no Estádio Mpira, para a primeira partida das meias-finais.
O angolano Chiquinho, com dois golos, está na terceira posição da lista dos melhores “artilheiros”, liderada pelo moçambicano Simon Capriano, autor de 4 tentos.

Tempo

Multimédia