Desporto

Selecção masculina aprimora estratégias

Filipe Cruz e José Nóbrega orientaram, ontem à tarde, no pavilhão principal da Cidadela Desportiva, um jogo entre os integrantes da Selecção Nacional sénior masculina de andebol que se prepara para a disputa da 26ª edição do Campeonato do Mundo, a decorrer de 10 a 29 de Janeiro de 2019, na Alemanha e na Dinamarca.

Fotografia: DR

Na penúltima semana de preparação, em território nacional, antes do estágio pré-competitivo na Polónia, a equipa técnica nacional elegeu os jogos, como metodologia para avaliar a funcionalidade das rotinas de ataque e defesa até aqui treinadas.
Na sessão de ontem, os seleccionados ficaram divididos em dois grupos equilibrados, disputando uma partida com alta intensidade, nas acções de ataque e defesa. O técnico principal, Filipe Cruz, orientou o provável sete inicial, enquanto o treinador de guarda-redes, José Nóbrega, comandou o outro grupo.
Falando ao Jornal de Angola, o seleccionador nacional disse que “o jogo está virado sobretudo para a consolidação das rotinas tácticas que temos treinado de forma exaustiva. No processo de treino, eles revelam boa assimilação. Mesmo assim, precisamos de colocá-los à prova, jogando, para consolidarmos alguns procedimentos e eventualmente corrigir outros”.
Apesar de ter jogos confirmados, no estágio agendado para o período de 28 de Dezembro do ano em curso, a 09 de Janeiro próximo, Filipe Cruz revelou interesse em jogar nos dias que restam de preparação em Angola, sendo o Inter e  o Petro ou uma selecção entre ambos clubes os prováveis adversários.
“Depois de tantos treinos realizados, os jogos serão sempre mais motivadores e vão realmente nos fornecer outros indicadores”, justificou.
A viagem para a Polónia acontece dia 28 do mês corrente. Além da partida contra a selecção do Japão, também participante ao Campeonato do Mundo, o sete nacional vai testar ainda com várias equipas da primeira divisão polaca. Angola disputa a primeira fase do Mundial em Copenhaga, Dinamarca, sede do grupo preliminar D, para o Qatar, Hungria, Argentina, Suécia e Egipto.

Tempo

Multimédia