Desporto

Seleccionador nacional faz aposta em caras novas

António Cristóvão

O técnico Srdjan Vasiljevic anunciou, ontem, a convocatória da Selecção Nacional de Honras de futebol, numa lista de 25 atletas, com várias caras novas, visando a disputa da 18ª edição da Taça Cosafa. A prova disputa-se entre o próximo dia 27 e 9 de Junho, na província sul-africana de Limpopo.

Departamento das selecções reuniu a imprensa para explicar as opções para a prova regional
Fotografia: Mota Ambrósio | Edições Novembro

O anúncio foi feito em conferência de imprensa, em Luanda.
Dos jogadores estreantes destacam-se Sozito, do Petro de Luanda, Bonifácio e Vanilson (1º de Agosto), Beny e Mona (Recreativo da Caála), Rafa (Kabuscorp do Palanca), Lulas (Sagrada Esperança), Zé e Jó (Desportivo da Huíla), Além e Megue (Progresso Sambizanga).
Os Palancas Negras concentram-se domingo à tarde numa unidade hoteleira de Luanda, para dar início aos trabalhos na segunda-feira de manhã, no Estádio Nacional 11 de Novembro ou no Municipal dos Coqueiros.
Durante o encontro com a imprensa, Srdjan Vasiljevic justificou a ausência de alguns dos habituais convocados com a pretensão de observar os “novatos”, devido  ao compromisso dos Palancas Negras no mês de Setembro frente às Zebras do Botswana, referente à segunda jornada do Grupo I de apuramento para a fase final da Taça de África  das Nações (CAN), em 2019, nos Camarões.
Para o palco da competição, a Selecção Nacional embarca na próxima sexta-feira à  tarde, via Joanesburgo, para a cidade de Polokwane (anteriormente chamada de São Petersburgo), província de Limpopo. 
No torneio da Cosafa, os Palancas Negras estão no Grupo B, ao lado das Zebras do Botswana, Dodôs ou Club M das Ilhas Maurícias e Chamas do Malawi.
Na primeira jornada, a Selecção Nacional de Honras recebe no dia 28, às 16h00, a similar das Zebras no estádio Old Peter Mokaba, em Polokwane.  Para a segunda jornada, os Palancas Negras deslocam-se ao estádio Seshego na mesma cidade, onde no dia 30 do corrente, às 16h00, enfrentam os Dodôs ou Club M.
Na terceira e última jornada do Grupo B, Angola mede forças com as Chamas, no dia 1 de Junho, às 16h00, no estádio Seshego.
A compita, que vai ser repartida em dois grupos, disputa-se no sistema de todos contra todos a uma volta, apurando-se para os quartos-de-final apenas o vencedor da série.
O triunfante do Grupo B joga com os Guerreiros do Zimbabwe no dia 3 de Junho, às 19h30, no estádio Old Peter Mokaba.  Os quartos-de-final da prova reservam ainda os jogos Chipolopolo da Zâmbia-Bravos Guerreiros da Namíbia, no dia 2 de Junho, às 14h00, no estádio Old Peter Mokaba, ao passo que no mesmo dia e recinto os Bafana-Bafana da África do Sul enfrentam o vencedor do Grupo A, às 17h30.
Para a conclusão dos embates dos quartos-de-final, os Crocodilos do Lesotho me-dem forças com o Escudo Real da Swazilândia, às 17h00, em Polokwane. 
A final da 18ª edição do torneio está marcada para dia 9 de Junho, às 14h00, no novo estádio Peter Mokaba. Antes, disputa-se no dia 8 de Junho, às 18h30, o desafio para a definição do terceiro lugar.
O seleccionador nacional Srdjan Vasiljevic convocou os guarda-redes Gerson Barros, do Petro de Luanda, Beny Tchissingui (Recreativo da Caála) e Ndulu (Académica do Lobito), os defesas Danilson, Eddye Afonso e Sozito (Petro de Luanda), Bonifácio (1º de Agosto), Mona (Recreativo da Caála), Lulas (Sagrada Esperança), Zé e Jó (Desportivo da Huíla) e Rafa (Kabuscorp do Palanca), os médios Pedro Agostinho, Mateus e Carlinhos (Petro de Luanda), Show e Vanilson (1º de Agosto), Além e Megue (Progresso Sambizanga).
Na lista dos convocados constam também os avançados Nelson da Luz e Fofo (1º de Agosto), Nandinho (Kabuscorp do Palanca), Kaporal (Interclube), Chico Banza e Vá (Leixões de Portugal). Estes dois últimos jogadores têm chegada a Luanda prevista para esta manhã, vindos de Lisboa.

Tempo

Multimédia