Desporto

Selecções de Ginástica conquistam 33 medalhas

Teresa Luís

Com a conquista de 33 medalhas, dez de ouro, 15 de prata e oito de bronze, Angola ocupou o segundo lugar no Campeonato Africano de ginástica, da “Zona Cinco”, disputado na cidade de Pretória, África do Sul.

Angola termina no segundo lugar dentre sete selecções participantes
Fotografia: António Soares | EDIÇÕES NOVEMBRO

As Selecções Nacionais de tumbling, aeróbica, rítmica e artística regressam na madrugada de hoje, com o sentimento de dever cumprido, segundo declarações do presidente da Federação Angolana da modalidade (FAG), Auxílio Jacob.
“Cumpriram os objectivos inicialmente traçados. A ginástica é uma certeza, temos futuro. Felizmente o Ministério da Juventude e Desportos tem feito o devido acompanhamento dos atletas”, frisou.
Depois do Zonal, os ginastas direccionam as atenções para o Torneio Internacional de Sangalhos e o Campeonato do Mundo da Rússia, competições a serem disputadas no mês corrente.
“A julgar pela qualidade técnica dos nossos atletas, seguramente no Mundial da Rússia vamos subir ao pódio. O nosso projecto de desenvolvimento deve servir de modelo para outras federações”, finalizou Auxílio Jacob.
Eunice Ferreira, Sofia Coqueiro, Alice Tomás, Nkumba Francisco, Nádia Paulo, Evaudina Severino, Florência Missende, Elizabeth Mangundo, Junaria Dundão, Weza Paulino (feminino), Xavier Bernardo, Domingos Muatxicumba, Evaristo Tchikungu, Daniel Cassule, Kiala Sucami,  Eduardo Chipilica e Zingui Joaquim (masculino) são os atletas que integraram as selecções.
Os técnicos Agostinho Sungo, Maria da Graça, Xungo Moque, Gomes de Oliveira e Cláudio Costa também fizeram parte da delegação chefiada pelo vice-presidente da FAG, Jesus dos Santos. Classificação do Africano: (1º)África do Sul, (2º)Angola, (3º)Namíbia, (4º)Zimbabwe, (5º)Botswana, (6º)Moçambique e (7º)Lesotho.

Tempo

Multimédia