Desporto

Silêncio do Kabuscorp deixa FAF preocupada

António de Brito

As formações do 1º de Agosto, campeão nacional, e o Petro de Luanda, vice-campeão, já confirmaram as respectivas participações na próxima edição da Liga dos Clubes Campeões Africanos, sendo que na Taça da Confederação, a Federação Angolana de Futebol (FAF) está preocupada com o silêncio do Kabuscorp do Palanca.

Fotografia: Paulo Mulaza |?Edições Novembro

O prazo de inscrição termina no dia 30 do corrente, uma vez que o sorteio das Afrotaças, acontece na primeira quinzena de Agosto.
Em declarações ao Jornal de Angola, Jeremias Simão, presidente do Conselho Técnico Desportivo da FAF, espera que a formação do Palanca se pronuncie sobre a sua participação ou não na Taça Nelson Mandela.”Estamos apreensivos com o silêncio do Kabuscorp do Palanca. Até sexta-feira, temos de indicar o representante angolano nesta competição, porque as inscrições na Confederação Africana de Futebol(CAF) terminam no domingo”, alertou.
Na entrevista concedida à TV Zimbo, Bento Kangamba, presidente de direcção do Kabuscorp do Palanca, tinha garantido que independentemente da desqualificação do Girabola, a presença da equipa na Taça CAF estava assegurada.”Uma coisa é prometer, outra é inscrever o clube na competição. Estamos preocupados, visto que os prazos estão a chegar ao fim”, desabafou Jeremias Simão.
Depois da desistência do Desportivo da Huíla, finalista vencido da Taça de Angola e terceiro classificado do Girabola 2018/19, alegando dificuldades financeiras, o órgão reitor do futebol angolano contactou o Interclube, na qualidade de quarto colocado do campeonato, e a direcção da formação da Polícia Nacional declinou a proposta.
“Contactámos, o Interclube e revelou estar indisponível, mas agradeceu o convite formulado. O Kabuscorp é a única alternativa. Caso contrário, o país não terá representantes na Taça da Confederação”, justificou Jeremias Simão.
Passados quatro anos, Angola coloca igual número de clubes nas Afrotaças, duas na Liga dos Clubes e outras tantas na Taça CAF.

Tempo

Multimédia