Desporto

Sporting e Ferrovia fecham oitava ronda

Honorato Silva

Sporting de Cabinda e Ferrovia do Huambo disputam hoje às 15h00, no Estádio Municipal do Tafe, a última partida da 8ª jornada do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola, que tem por decidir na secretaria o desfecho do desafio entre o Progresso Sambizanga e o Desportivo da Huíla, não realizado por falta de ambulância.

Fotografia: Dr

Preocupados com a fuga dos lugares incómodos da tabela classificativa, os leões, 11º com oito pontos, apostam no factor casa para superar os locomotivas, penúltimos, apenas dois pontos, que dão mostras de falta de aptidão, no baptismo na prova, apesar do passado de glória no período colonial.
Pelo percurso das equipas o Sporting entra para a disputa com maior dose de favoritismo, enquanto a formação do Huambo, ainda à procura de consistência competitiva, deve evitar perder com um adversário do seu campeonato.
A ronda aberta no sábado registou os resultados 1º de Agosto - Interclube (1-0), Petro de Luanda - Cuando Cubango (3-1), Recreativo do Libolo - Recreativo da Caála (2-1), FC Bravos do Maquis - 1º de Maio de Benguela (3-1), Académica do Lobito - Santa Rita de Cássia (2-0) e Williet de Benguela - Sagrada Esperança (1-1).
O triunfo sobre o polícias permitiu aos militares do Rio Seco conservarem o comando do campeonato, com 18 pontos. Os estudantes lobitangas e os calulenses, ambos com 17, seguem no encalço dos tetra-campeões nacionais, que mantêm os arqui-rivais petrolíferos a quatros pontos.
A próxima jornada, véspera do primeiro terço do Girabola, reserva, para o meio da próxima semana, os jogos FC Bravos do Maquis - 1º de Agosto, Interclube - Petro de Luanda, Cuando Cubango FC - Recreativo do Libolo, Recreativo da Caála - Académica do Lobito, Santa Rita de Cássia - Sporting de Cabinda, Ferrovia do Huambo - Williet de Benguela, Sagrada Esperança - Progresso Sambizanga e 1º de Maio de Benguela - Desportivo da Huíla.

Tempo

Multimédia