Desporto

Técnico está precavido mas esbanja ambição

António de Brito

Corentin Martins, treinador da Selecção da Mauritânia, bastante cauteloso na abordagem do jogo com Angola, disse que espera por dificuldades, porque o Corentin Martins, treinador da Selecção da Mauritânia, bastante cauteloso na abordagem do jogo com Angola, disse que espera por dificuldades, porque o adversário joga na condição de visitado.

Martins está muito confiante
Fotografia: Contreiras Pipa| Edições Novembro

”Temos consciência dos problemas a enfrentar durante a partida. Angola é muito forte, quando actua em casa. Vamos jogar com dois aspectos, o adversário e o público”, salientou ao Jornal de Angola.
Apesar de o jogo aparentar-se difícil, o técnico de nacionalidade francesa prometeu uma equipa combativa, a fim de contrariar o favoritismo do conjunto adversário.”Angola é a clara favorita. Não iremos cruzar os braços.Trabalhámos uma equipa forte, e capaz de pontuar no reduto adversário. Em Luanda, o objectivo passa por conservar a liderança. Mas, não será tarefa fácil”.
Questionado sobre o adversário, Corentin Martins referiu que Angola é uma selecção a respeitar, mas não é invencível.”Vamos jogar com uma boa equipa.Convocou as suas principais estrelas, e persegue a segunda vitória caseira. Mas não é uma equipa imbatível. Tenho total respeito pela selecção angolana, mas não escondo o desejo de vencer. Criámos as condições para sairmos daqui com um resultado bastante animador”, afirmou, acrescentando que no futebol há três resultados possíveis: “Estou convencido de que vamos conseguir um resultado tranquilizador. Estamos à procura da qualificação inédita para o CAN, mas ainda há um longo caminho a percorrer”.

Tempo

Multimédia