Desporto

Técnico Viktor Tchicolaev demitido

Teresa Luís |

João Florêncio, de nacionalidade portuguesa, regressa ao comando técnico da equipa sénior feminina de andebol do 1º de Agosto, um ano após ser afastado, em substituição do luso ucraniano, Viktor Tchicolaev que conduziu a equipa até a disputa da última Supertaça.

Maus resultados ditaram o despedimento
Fotografia: José Soares

O afastamento de Viktor Tchicoalev aconteceu após reunião de direcção, realizada no “quartel-general” da equipa militar RI-20. O clube justifica na sua página na internet que a "chicotada psicológica" está relacionada com a falha da conquista da Supertaça e pelo facto de o técnico não corresponder às ambições da agremiação.
O novo treinador do 1º de Agosto, que no ano passado orientou a equipa masculina da Marinha de Guerra, treinou as militares em 2013 e venceu o campeonato nacional em Benguela, mas foi incapaz de triunfar na Taça do Clubes Campeões e na Taça de Angola. A escolha do novo técnico visa o somatório de vitórias. “Agradeço a confiança depositada. Conto no plantel com recursos ­humanos suficientes e capazes de dar uma resposta à altura do 1º de Agosto”, disse o técnico João Florêncio na página do clube na internet.
A formação do 1º de Agosto actualmente conta com um plantel de luxo, com destaque para as novas contratações, da congolesa Cristiane Muasessa (melhor jogadora africana da actualidade) e de Natália Bernardo (capitã da Selecção Nacional).
Por conta do investimento feito pela direcção do clube, constavam das obrigações do técnico demitido a conquista dos títulos em disputa. Os maus resultados na disputa da Taça de Angola e da Supertaça ditaram a sentença do técnico.
Apesar de vencer no ano passado a Taça Africana de clubes, título inédito na galeria do Rio Seco, não foi suficiente para cair nas graças de Carlos Hendrik, presidente do 1º de Agosto. Viktor Tchicolaev  foi contratado para dois anos, tendo cumprido apenas um.
Pelo 1º de Agosto já passaram três técnicos portugueses, Paulo Pereira actual seleccionador da Tunísia comandou as militares de 2010 até final de 2012, e conquistou o provincial e o nacional. Em 2013, João Florêncio assumiu o comando técnico da equipa e alcançou os mesmos feitos. Viktor Tchicolaev entrou no ano passado e venceu o campeonato provincial, nacional e a taça dos clubes campeões africanos.

Tempo

Multimédia