Desporto

Tricolores projectam regresso aos treinos

Juscelino da Silva

A direcção do Petro de Luanda, liderada por Tomás Faria, trabalha com afinco para o regresso da equipa principal de futebol aos treinos no “Catetão”, na próxima semana, tendo em vista à próxima época desportiva.

Fotografia: DR

A comissão de trabalho constituída está a criar as condições de higienização e biosegurança para todos os integrantes face à propagação da Covid-19.

Em declarações ao Jornal de Angola, o presidente de direcção, Tomás Faria, garantiu que “as questões ligadas ao fornecimento de água potável durante todo o dia e a higienização das viaturas à entrada do Complexo Demósthenes de Almeida vão dominar os trabalhos da Comissão na presente semana”.

A calendarização de retoma de treinos privilegia, na primeira fase, a equipa sénior de futebol, seguido dos escalões de formação. A área administrativa está a tratar das questões de renovação de contratos e de dispensas, segundo uma fonte do clube.

O JA apurou da fonte que a direcção liderada por Tomás Faria não vai renovar os contratos de trabalho com os atletas Bugos, Ariclenes e Nary. Os três futebolistas terminaram os vínculos com os petrolíferos do Eixo Viário. Até o momento, os vice-campeões do Girabola já renovaram os contratos de trabalho com Elber, Wilson, Danny, Além e Tó Carneiro. O Petro de Luanda liderava o Girabola anulado.

Tempo

Multimédia