Desporto

Tunísia verga Nigéria na final do Afrobasket

Anaximandro Magalhães |

A Tunísia é a nova campeã africana sénior masculina de basquetebol, após vitória  ontem na final, por 77-65, sobre a Nigéria, destronada do título.

Anfitriões fizeram jus ao factor casa na decisão do troféu
Fotografia: Kindala Manuel | Edições Novembro

Com a conquista, os tunisinos, anfitriões da etapa derradeira da 29ª edição do Campeonato Africano das Nações, e campeões inéditos em 2011, na cidade de Antananarivo, Madagáscar, igualam no palmarés a República Centro Africana (RCA) e da Costa Marfim, com dois troféus. Desencontrados técnica e tacticamente na abordagem dos primeiros 10 dos 40 minutos de jogo, os donos da casa, vergados categoricamente pelos nigerianos, por 8-14, emergiram no segundo período.
Ao intervalo, os magrebinos venciam por apenas um ponto, 25-24, com o destaque a recair para Knioua Nizar, ao anotar oito pontos em 10 minutos. Diante de mais de 11 mil espectadores, dos 12 mil calculados para a lotação das bancadas, os terceiros classificados e organizadores da edição passada da maior fusão de selecções da bola ao cesto em África, comandados por Mário Palma, não deram tréguas ao adversário.
À entrada do terceiro período, quando restavam 6 minutos para terminar o quarto, os tunisinos em (34-27), delinearam o sucesso.  No derradeiro quarto, a 1 minuto e 40 segundos, a Nigéria, com Ike Diogu, a sua principal referência e melhor cestinha do encontro com 20 pontos, no comando das acções ofensivas,  reduziu a desvantagem para 61-68, esforço inglório, pois os compatriotas não conseguiram dar suporte às investidas.

Tempo

Multimédia