Desporto

Vasiljevic atribui mérito aos atletas e ao público

António Cristóvão

O técnico Srdjan Vasiljevic mostrou-se satisfeito ontem com o triunfo diante do Burkina Faso, por 2-1, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, mas atribuiu o mérito aos jogadores dos Palancas Negras e ao público.

Fotografia: DR

"Conseguimos uma importante vitória importante. Agradeço aos jogadores pelo triunfo, pois, são eles que merecem o mérito, assim como este maravilhoso público pelo apoio prestado durante o jogo", disse o treinador, sem esconder a satisfação pelo triunfo.

Questionado se já sente que os Palancas Negras estão apurados para a fase final do CAN, o técnico sérvio recusou e disse que subjectivamente Angola está perto da competição africana. 

"Ainda não sinto que já estejamos apurados, teoricamente estamos próximos de conseguir a qualificação. Quero trabalhar, ser humilde e criar um grupo maior e aguardar pela oportunidade de se apurar", respondeu.

Srdjan Vasiljevic exaltou o comportamento de Ary Papel, do 1.º de Agosto, Wilson Eduardo (Sporting de Braga), Job, Mira e Vá (Petro de Luanda), apesar de terem falhado o desafio com o Burkina Faso. 

O médio ofensivo dos militares do Rio Seco falhou o jogo por lesão na coxa direita, acontecendo o mesmo com os três jogadores tricolores. Já o avançado do Sporting aguarda pela autorização da FIFA para alinhar pelos Palancas Negras.

Durante a conferência de imprensa, no final do jogo, o seleccionador nacional solicitou o apoio da comunicação social, para apurar os Palancas Negras pela oitava vez à fase final do CAN.

No encontro com os jornalistas nacionais e burkinabes, Vasiljevic felicitou o adversário pelo que fez durante o desafio. O treinador do Burkina Faso, Paulo Duarte, elogiou Paizo, lateral esquerdo do 1.º de Agosto, pela exibição e consistência dada naquele sector. "Angola tem uma defesa compacta e bem organizada, mas o Burkina Faso não entrou bem no desafio", reconheceu o técnico.

O português admitiu que se a bola que embateu no travessão da baliza de Angola no início do jogo tivesse entrado a história do jogo seria outra.   

A partida com o Burkina Faso foi pontuável para a quinta e penúltima jornada do Grupo I da campanha de apuramento para a fase final da 32ª edição da Taça de África das Nações (CAN), de 15 de Junho a 13 de Julho de 2019, nos Camarões. 


Tempo

Multimédia