Desporto

Vasiljevic reparte favoritismo com visitantes

António Cristóvão

O técnico Srdjan Vasiljevic repartiu, ontem, o favoritismo para o jogo entre Palancas Negras e Les Mourabitounes hoje, às 16h00, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, de apuramento para a fase final da 32ª edição da Taça de África das Nações (CAN), a ter lugar de 15 de Junho a 13 de Julho, nos Camarões.

Timoneiro dos Palancas quer
Fotografia: Agostinho Narciso | Edições Novembro

“Não vai ser uma vitória fácil. Não nos podemos iludir. Mas, em caso de derrota não termina a qualificação. O apuramento encerra no próximo mês de Março”, disse o seleccionador nacional dos Palancas Negras.
O sérvio admite que vai ser um desafio difícil, mas acredita no triunfo das Palancas Negras no Estádio Nacional 11 de Novembro. “Temos dois jogos com a Mauritânia. São dois jogos sérios, que vão decidir o futuro do apuramento para o CAN. São jogos difíceis, mas sabemos das nossas qualidades e valores. Sabemos o que temos, podemos e o que iremos fazer”, esclareceu aos jornalistas nacionais.
Srdjan Vasiljevic apelou  o público a comparecer esta tarde ao palco do jogo em massa, com a intenção de “puxar” incessantemente pelos Palancas Negras.
“Peço ao nosso público que encham o Estádio Nacional 11 de Novembro, para “puxarem” pela Selecção Nacional. Que sejam o nosso 12º jogador”, declarou.
O técnico reconhece os atributos dos adversários, mas quer evidenciar que os Palancas Negras, diante do seu público, são mais fortes. “Conhecemos as qualidades individuais dos adversários e do seu conjunto. A Mauritânia é o primeiro do grupo, e demonstrou que possui qualidade no campo. Mas, no nosso campo mandamos nós. No Botswana, pelo que fizeram, eles não mereciam a vitória “, finalizou.
Os Palancas Negras ocupam o terceiro lugar do Grupo I, com três pontos, enquanto Les Mourabitones estão na primeira posição com seis. Os Cavalos do Burkina Faso encontram-se no segundo posto com três pontos, ao passo que as Zebras do Botswana são os quartos e últimos classificados, sem pontuar.

Tempo

Multimédia