Desporto

“Vida e obra” de Bunze na Cidade Desportiva

António de Brito

Uma exposição sobre a vida e obra do andebolista Paulo Bunze, já falecido, está em exibição no Pavilhão com o mesmo nome, localizado na Cidade Desportiva do 1º de Agosto, em Luanda.

Fotografia: DR

O objectivo é enaltecer os feitos e a figura da antiga estrela do andebol angolano e africano.
A exposição fotográfica e de material desportivo do antigo atleta retrata a história de Paulo Bunze. O lendário jogador é até hoje fonte de inspiração para muitos praticantes da modalidade.
Aos 16 anos, iniciou a carreira no Ferroviário de Luanda, tendo depois ingressado no 1º de Agosto, onde conquistou vários títulos nacionais e africanos, à semelhança do que fez com as cores da Selecção Nacional.
Em Portugal, Bunze representou o Belenenses e o Sport Lisboa e Benfica. Após terminar a carreira como jogador, deu início à actividade de treinador, como adjunto da equipa feminina sénior da formação do Rio Seco e do “sete” nacional sénior masculino.
A exposição está aberta ao público das 8h00 às 18h00, no pavilhão inaugurado no passado dia 6 de Agosto, por Carlos Hendrick da Silva, presidente do 1º de Agosto, em alusão aos festejos do 41º aniversário do Clube Central das Forças Armadas Angolanas.
Contactada pelo Jornal de Angola, Sandra Sakita, directora do Património Histórico do 1º de Agosto, disse que são muitas as pessoas que já visitaram a exposição e receberam várias explicações sobre o passado de Paulo Bunze.                                                                                    

Tempo

Multimédia