Desporto

Vigília sustenta greve no Progresso do Sambizanga

António de Brito

Passadas três semanas, a greve mantém-se no Progresso do Sambizanga e a direcção presidida por Paixão Júnior continua a não dar a cara, depois de não ter cumprido a promessa feita, no acordo celebrado com os grevistas, de pagar os três salários dos 18 meses em atraso (dois de Novembro e um de Dezembro).

 

Santos Pedro | EDIÇÕES NOVEMBRO
Fotografia: DR

Como forma de pressionar Paixão Júnior a solucionar o problema, os grevistas não abrem mão da vigília e pretendem ir até às últimas consequências, inclusive já remeteram o assunto para os órgãos de Justiça.

Em declarações ao Jornal de Angola, Azevedo de Sousa, coordenador da comissão dos trabalhadores, diz que não tem palavras para descrever o comportamento demonstrado até agora por Paixão Júnior. “Sinceramente, não tenho como classificar este homem. Penso que não tem coração. Pelo menos apareça para negociar. Estamos a viver uma situação constrangedora. Gostaria que ele estivesse nas nossas condições. É doloroso ficar um ano e seis meses sem ordenados”, lamentou com alguma tristeza.
O coordenador da comissão dos trabalhadores aconselha Paixão Júnior a abandonar a direcção do Progresso do Sambizanga porque, na sua opinião, não está em condições de continuar à frente do clube. “Penso que a melhor via é sair. Não existe clima para ele continuar. Entregue o clube e ponto final. No passado fez coisas boas, mas o quadro hoje é completamente diferente”, disse, acrescentando que várias pessoas já manifestaram o desejo de concorrer à presidência do clube, mas não avançou nomes. “São pessoas bem posicionadas e querem transformar o Progresso num clube- empresa”.
Azevedo de Sousa mostrou-se ainda indignado com o comportamento da equipa principal de futebol, e aconselhou-a a suspender os jogos do Girabola.“A equipa deveria estar solidária connosco. Penso que seria a melhor forma, para que o assunto fosse resolvido”,
Fundado há 43 anos, o Progresso Sambizanga movimenta as modalidades de futebol, basquetebol, andebol, voleibol, atletismo e xadrez.

Tempo

Multimédia