Desporto

Vitória de Bottas dá sexto título de construtores à Mercedes

Bottas, que arrancou da terceira posição, venceu, deixando o alemão Sebastian Vettel (Ferrari) a 11,376 segundos e o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) a 11,786 segundos, respectivamente.

Fotografia: DR

Estes resultados permitem à Mercedes igualar o feito que a Ferrari conseguiu entre 1999 e 2004. Bottas venceu pela terceira vez este ano, com o tempo de 1:21.46,755 horas, com 13,343 segundos de vantagem sobre o alemão Sebastian Vettel (Ferrari), que partiu da ‘pole position'. Hamilton fechou os lugares do pódio na terceira posição, a 13,858 segundos do companheiro de equipa.
Depois de a qualificação ter sido adiada para ontem, devido ao tufão Hagibis, a Ferrari garantiu os dois primeiros lugares da grelha, relegando os dois Mercedes para a segunda linha.
Mas o piloto finlandês, que não vencia desde o GP do Azerbaijão disputado em Abril, saltou para o comando logo no arranque, depois de Vettel ter feito uma falsa partida, que passou incólume, ultrapassando ainda o monegasco Charles Leclerc.
O mais jovem dos pilotos da Ferrari envolveu-se num toque com o holandês Max Verstappen (Red Bull) na segunda curva, que resultou em danos na asa dianteira do seu monolugar e num pião do Red Bull. Leclerc manteve-se ainda duas voltas em pista, largando detritos pelo asfalto, enquanto Verstappen teve de recolher definitivamente às boxes.

Tempo

Multimédia