Desporto

Vivaldo Eduardo defende actualização com urgência

Teresa Luís

O técnico da equipa sénior feminina de andebol do Petro de Luanda, Vivaldo Eduardo, revelou, que muitos dos comentaristas da modalidade, evidenciam profundo desconhecimento e precisam de se actualizar com urgência.

Fotografia: Jaimagens

Em declarações ao Jornal de Angola, na senda da conquista do 24º título do Campeonato Nacional, o técnico das petrolíferas diz que a falta de actualização de conhecimentos propicia a transmissão de informações falsas ao público.
“Honestamente, sem querer ofender ninguém, entendem muito pouco de andebol. Não tiveram sequer o cuidado de assistir o curso do leitor da IHF, António Goulão. Pensam  saber tudo e mais alguma coisa. Na realidade, mostram-se desinformados em relação às regras de arbitragem. Às vezes, não percebem os sistemas defensivos utilizados.  Fazem comentários absolutamente disparatados”, desabafou.
Vivaldo Eduardo adiantou ainda que as atletas e algumas pessoas ligadas ao clube tricolor baseiam-se nos mesmos comentários para avaliar o desempenho da equipa.
“Alguns especialistas têm passado informações negativas ao público. Uma atleta não está tão bem e dizem o oposto. Por vezes, orientámos para cumprir uma função táctica e os comentaristas fazem uma interpretação totalmente diferente. É difícil controlar isso”, lamentou.
Relativamente à eventual saída de Aznaide Carlos, Magda Cazanga e Teresa Almeida “Bá”, o técnico argumentou: “não tenho novidades sobre a possível transferência. O colectivo sobrepõe-se ao individual.”

Tempo

Multimédia