Desporto

Wilson Eduardo pode representar Selecção Nacional

António Cristóvão

O extremo esquerdo angolano Wilson Eduardo, do Sporting de Braga, 28 anos, está administrativamente apto para representar os Palancas Negras, anunciou no final de semana passado o presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Artur Almeida e Silva, durante uma entrevista ao canal desportivo da Radiodifusão Nacional de Angola (RNA).

Jogador reforça os palancas
Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

“A sua nacionalidade desportiva agora é angolana. Já vamos contar com Wilson Eduardo no próximo jogo. Recebemos uma comunicação da FIFA”, disse satisfeito o dirigente do organismo reitor do futebol nacional.
Wilson Eduardo foi convocado pela primeira vez para o desafio com os Cavalos do Burkina Faso disputado no dia 18 de Novembro, no Estádio Nacional 11 de Novembro, pelo técnico da Selecção Nacional de Honras de Futebol, Srdjan Vasiljevic.
Com a decisão da FIFA, o extremo do Braga pode integrar a convocatória do seleccionador nacional dos Palancas Negras, para o jogo com as Zebras do Botswana no próximo dia 22 de Março na cidade de Gaberone.
Este desafio é a contar para a sexta e última jornada do Grupo I de qualificação para a fase final do CAN'2019.
O extremo falhou o jogo com os Cavalos por falta da nacionalidade desportiva angolana, a contar para a quinta jornada do Grupo I da campanha de apuramento para a fase final da 32ª edição da Taça de África das Nações (CAN), a ter lugar de 15 de Junho a 13 de Julho em país a indicar no próximo dia 8 de Janeiro pela Confederação Africana de Futebol (CAF).
Wilson Eduardo, que nasceu no dia 8 de Julho de 1990, em Pedras Rubras, Vila  da Telha, Portugal, começou a carreira no Grupo Desportivo Vilar e jogou também nas selecções jovens de Portugal (Sub-16, Sub-17, Sub-19, Sub-20 e Sub-21).
O dianteiro passou pelas formações do FC Porto, Sporting Clube de Portugal, Real Massamá, Portimonense, Beira-Mar, Olhanense, Académica, Sporting B, Dínamo de Zagreb, Den Haag e Braga.
Na Liga Nos de Portugal, Wilson Eduardo, filho de pais angolanos, disputou 14 jogos  e apontou sete golos.

Tempo

Multimédia