Desporto

Yanick Moreira foi o jogador mais eficaz

Anaximandro Magalhães

Ao marcar 40 pontos em três partidas, média de 13,3 por desafio, o poste Yanick Moreira, 2,11 metros, foi o jogador mais eficaz da Selecção Nacional sénior masculina de basquetebol, no Torneio Internacional, disputado de 10 a 12 do corrente, na cidade de Kunshan, China.

Jogador esteve em evidência nas três partidas da competição
Fotografia: Vigas da Purificação | edições novembro

Em dois dos três jogos do “cinco” nacional, que prepara a presença no Campeonato do Mundo, a disputar-se naquele país asiático, de 31 deste mês a 15 do corrente, o jogador, utilizado por 75 minutos e cinco segundos, pelo seleccionador William Bryant Voigt, foi o melhor cestinha.

Diante da China, fez 11 pontos e contra Porto Rico, 15. Carlos Morais, jogador mais utilizado no torneio, com 82:48 minutos, foi o segundo mais produtivo, com 34 pontos, 11,3 por encontro. Do top três, destaque para o extremo Olímpio Cipriano, por em dois desafios ter marcado 32 pontos, o correspondente a 16 em cada duelo.

O jogador do Petro falhou, por lesão num dos tornozelos, a partida ante aos porto-riquenhos, mas mereceu a confiança de Voigt durante 29:10 minutos. Amanhã, a selecção dá início, na China, à disputa do segundo torneio. Hoje, William Voigt e pupilos voltam a trabalhar na correcção dos aspectos tácticos, no potenciamento dos índices físicos, bem como na melhoria da técnica individual.

Para o Mundial, Voigt seleccionou Gerson Domingos (base), Jacques “Leandro” Conceição (extremo-base), Gerson “Lukeny” Gonçalves, Carlos Morais, Olímpio Cipriano e José António (extremos), Leonel Paulo e Reggie Moore (extremo-postes), Yanick Moreira, Valdelício Joaquim “Vander”, Eduardo Mingas e Hermenegildo Mbunga (postes).

Tempo

Multimédia