Economia

África do Sul garantiu mais de Usd 500 milhões na SADC

O empresariado sul-africano garantiu mais de 500 milhões de dólares de investimento em sectores prioritários da economia regional nos doze meses de liderança sul-africana da SADC, indicou o Presidente Ramaphosa.

Cyril Ramaphosa, Presidente da África do Sul
Fotografia: DR

 
"Durante o mandato da nossa liderança, conseguimos garantir mais de 500 milhões de dólares em investimento produtivo de empresas sul-africanas, em cada uma das cadeias de valor prioritárias em toda a região", disse o Presidente da África do Sul, na 38.ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), que decorreu até ontem na capital da Namíbia. “Os investimentos abrangem a silvicultura, a agricultura e agroprocessamento, fertilizantes, mineração, processamento de minérios e produtos farmacêuticos”, precisou o chefe de Estado sul-africano.
De acordo com Ramaphosa, os investimentos anunciados reflectem "o compromisso da África do Sul de passar de uma estratégia de desenvolvimento baseada no comércio para uma estratégia de desenvolvimento liderada por investimentos para a região".  
O investimento em infra-estruturas, disse Ramaphosa, deve ser a prioridade central da cooperação regional da SADC para reduzir os custos de transacção comercial, aumentar os mercados regionais e tornar a produção e as exportações mais competitivas. Olhando para o futuro, Cyril Ramaphosa disse que "a SADC precisa de começar a formular uma estratégia de longo prazo e de aproveitar a juventude da região", para desenvolver capital humano, acelerar o crescimento económico e fomentar sustentabilidade.

Tempo

Multimédia