Arquivo

Filtrar por Data

Sindicato contra “reformas compulsivas” nas empresas

O Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA) defendeu ontem em Luanda a suspensão do que chamou de reformas compulsivas, traduzidas em aposentadoria e corte nos salários, que alegadamente ocorrem nas empresas públicas de  comunicação social. Segundo o comunicado final de uma reunião de auscultação distribuído à imprensa, os filiados do SJA “exigem  a definição de carreiras técnicas, com base no qualificador ocupacional com a participação dos representantes dos profissionais”.

Tempo

Multimédia