Economia

Arranca produção em novo campo

A petrolífera italiana Eni iniciou ontem a produção de petróleo no campo Ochigufu do bloco 15/06, em águas profundas do “offshore” angolano, aumentando em 25.000 barris de crude por dia a produção do país.

 

A companhia explica que o campo Ochigufu está localizado a uma profundidade de 1.300 metros, aproximadamente a 380 quilómetros para norte de Luanda e que o “arranque de produção, alcançado um ano e meio depois da apresentação do plano de desenvolvimento, é o primeiro da Eni em 2018, bem como o primeiro desde o início do ano em Angola”.
O documento considera que “isso representa um passo adiante no desenvolvimento do prolífico bloco 15/06, onde a Eni descobriu mais de três mil milhões de barris de petróleo e 850 milhões de barris de reservas”, explica a petrolífera.
A produção no campo Ochigufu é feita em conjunto, por ligação submarina, com o projecto Sango e o navio FPSO N’Goma, operado pela Eni, com uma quota de 36,84 por cento do grupo empreiteiro, posição idêntica à da Sonangol Pesquisa e Produção, e a SSI Fifteen Limited (26,32).
Naquele bloco já estão em operação, progressiva, desde 2014, os campos Sangos, Cinguvu, Mpungi e Mpungi North, East Hub e agora o campo Ochigufu. Seguem-se, até 2019, no mesmo bloco, três outros projectos, que permitirão aumentar a produção global em 30 mil barris diários, garante a petrolífera italiana.

Tempo

Multimédia