Economia

Asseco Angola factura 34 milhões de euros

Ana Paulo

A empresa Asseco Angola registou, em 2018, um volume de negócios de 34 milhões de euros (cerca de 12.900 milhões de kwanzas) e um EBITDA (lucros antes do pagamento de juros, impostos, depreciações e amortizações) de 8,2 milhões de euros (cerca de 3 mil milhões de kwanzas).

Os dados foram apresentados ontem, em Luanda, pelo CEO da empresa, Daniel Araújo.
A empresa especializada em software e tecnologias de informação tem como objectivo para 2019 aumentar as receitas para 36 milhões de euros e atingir um EBITDA de 10 milhões de euros com a aposta na diversificação de produtos e de mercados.
Ainda durante 2018, a Asseco Angola reforçou a sua estrutura interna com 42 novos colaboradores, tendo hoje mais de 420 empregados. A empresa tem como principal foco a entrada no capital de outras empresas, a par da criação de novas linhas de serviço. Em 2019 os eixos estratégicos passam pela diversificação de produtos e de mercados.
Para materializar estes objectivos, explicou o gestor, a empresa vai investir na criação de novos produtos, especialmente nas áreas de canais, portais, processos e análise de dados.
A Asseco actua em cerca de dez países e trabalha com mais de 60 instituições bancárias. 80 por cento do seu negócio é dirigido para os mercados externos, com destaque para Angola, Moçambique e Cabo Verde.
Este ano efectuará o lançamento da Academia de Formação Asseco em Angola, que depois se alargará a Moçambique.

Tempo

Multimédia