Economia

Atlântico permite abertura de conta por telemóvel

O Atlântico é o primeiro banco angolano a permitir aos clientes a abertura de contas através do telemóvel, sem necessidade de se deslocarem a um ponto de atendimento, num serviço disponível desde ontem.

Presidente do Atlântico (centro) e o governador de Cabinda
Fotografia: Cedida

A abertura de contas de forma remota está inicialmente disponível apenas para nacionais e é realizada de forma autónoma pelo cliente, sendo necessário descarregar a aplicação App Atlântico da App Store ou Google Play, ter o Bilhete de Identidade e o Cartão de Contribuinte à mão e percorrer os quatro passos do processo, nomeadamente inserir os dados pessoais, captar uma fotografia pessoal no momento, aceitar os termos e condições e validar o número de telemóvel.
O lançamento do serviço foi feito em Cabinda, cidade onde a Comissão Executiva do Atlântico manteve encontros com empresários e autoridades para dar a conhecer as possibilidades de financiamento do banco.
O banco anunciou estar prestes a disponibilizar um novo serviço para simplificar todas as operações, permitindo transacções e consultas apenas com recurso ao telemóvel, mesmo sem saldo.
“O objectivo é servir todo e qualquer cliente, independentemente de ser portador de um smartphone ou de um ‘Laranjinha’. Trata-se, no fundo, de um serviço gratuito e de fácil acesso, com o objectivo de simplificar o dia-a-dia dos clientes”, declara o banco numa nota de imprensa em que os serviços são anunciados.
O presidente da Comissão Executiva do Atlântico, Daniel Santos, liderou uma delegação que esteve em Malanje e Cabinda na quarta e quinta-feira a lançar este serviço e a contactar representantes institucionais e empresariais, entre os quais se conta o governador Eugénio Laborinho, para estabelecer o que se afirma ser uma “relação de proximidade” com o ecosistema económico.

 

Tempo

Multimédia