Economia

Aumenta comércio entre a China e países da cplp

As trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa atingiram, entre Janeiro e Novembro passados, 134,981 mil milhões de dólares, anunciaram as autoridades chinesas.

Fotografia: DR

De acordo com as estatísticas dos serviços da Alfândega chineses, publicadas na segunda-feira, este valor representou um aumento de 25,3 por cento em relação a igual período do ano anterior.

Entre Janeiro e Novembro de 2018, as importações da China de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste cifraram-se em 96,670 mil milhões de dólares, o que representa uma subida homóloga de 29,3 por cento, segundo os mesmos dados publicados no site do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

As exportações chinesas para o bloco lusófono totalizaram 38,311 mil milhões de dólares, um aumento de 16,1 por cento em relação ao mesmo período de 2017, indicou o fórum.

Em Novembro passado, o volume das trocas comerciais desceu 8,56 por cento em relação ao mês anterior para 12,682 mil milhões de dólares.

Em Outubro de 2018, as trocas comerciais entre a China e os países lusófonos tinham registado um aumento de 1,8 por cento em relação a Setembro, para 13,9 mil milhões de dólares, enquanto entre Janeiro e Outubro passados, o comércio bilateral foi 122,300 mil milhões de dólares, o equivalente a 24,8 por cento.

Nos primeiros 11 meses do ano, o Brasil manteve-se como o principal parceiro da China, com trocas comerciais no valor de 101,553 mil milhões de dólares. No fundo da tabela, surge São Tomé e Príncipe, com 6,52 milhões de dólares.


Tempo

Multimédia