Economia

Autoridades travaram contrabando de gasóleo

Jaquelino Figueiredo | Soyo

Cinco camiões-cisterna carregados com 175 mil litros de gasóleo e petróleo iluminante foram apreendidos pelas autoridades, recentemente, no bairro Quitona, município do Soyo, depois de uma denúncia feita por populares, soube o Jornal de Angola.

Fotografia: Francisco Bernardo| Edições Novembro

O combustível transportado de Luanda, tinha como destino final a República Democrática do Congo, entrando pela comuna do Sumba (Soyo), e foi apreendido no interior de um quintal onde seria acondicionado em bidões e depois levado em embarcações artesanais.
O sub-procurador da República no Soyo, Hernani Gunza, referiu que os autores, ao aperceberem-se da presença das forças policiais, colocaram-se em fuga. “Trata-se de crime de contrabando de combustível, pois o seu destino seria a RDC. Daí a intervenção do Ministério Público para impedir a consumação desse crime”, sublinhou, notando que o acto foi comunicado à Sonangol.
O Ministério Público, acrescentou, emitiu um mandado de detenção para o proprietário do imóvel onde foram encontrados os camiões-cisterna e os motoristas que transportaram o combustível.

Tempo

Multimédia