Economia

Fundo quer África a fomentar agricultura sustentável

O presidente do comité director do Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana, Florêncio de Almeida, apelou quarta-feira, em Cartum (Sudão), os países africanos a contribuírem para o fundo e a participarem activamente num fórum de mobilização de financiamentos a decorrer este ano.

Fotografia: EDIÇÕES NOVEMBRO

Para o embaixador, o compromisso e o contributo de todas as partes interessadas (governamentais e não-governamentais) são essenciais, para que África atinja os compromissos da Declaração de Malabo, de se acabar com a fome até 2025, bem como os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODS), em particular o ODS2 sobre a irradicação da fome, o alcance da segurança alimentar e a melhoria da nutrição e da agricultura sustentável até 2030.

 

Tempo

Multimédia