Economia

Bancos e petrolíferas prontos para usar FXGO

A Bolsa de Dívida e Valores de Angola (BODIVA) negociou, desde o início deste mês até ontem, um valor de 62,3 mil milhões de kwanzas, dos quais 46 mil milhões no ambiente multilateral e 16,2 mil milhões no bilateral.

Fotografia: DR

O Banco de Fomento de Angola (BFA) com 13,3 mil milhões foi quem mais movimentou. Em Abril os seus movimentos contabilizaram 24,1 mil milhões de kwanzas. Realce também para o BAI com 6,8 mil milhões (12,9 mil milhões, em Abril) e Standard Bank com 4,6 mil mi-lhões. Em Abril, o terceiro mais activo foi o Atlântico com 6,2 mil milhões.

Ao nível das maturidades, a de 2021 é a mais requerida com 843 negócios e um valor de 21,8 mil milhões. os títulos com maturidade até 2022, com 298 negócios e 29,6 mil milhões, segue-se entre as mais requisitadas.

No mês de Abril, ao nível das maturidades, a de 2020 foi a mais requerida com 633 negócios e um valor de 45,3 mil milhões. Os títulos com maturidade até 2022, com 298 negócios e 29,6 mil mi-lhões, segue-se entre as mais requisitadas.

O Banco Nacional de Angola (BNA) desembolsou 6,88 mil milhões de kwanzas, em meados de Maio, em 25 operações de compra de Obrigações do Tesouro (OT) na plataforma de negociação da Bolsa da Dívida de Valores de Angola (BODIVA).

Operador preferencial

Ainda este mês, o Banco de Fomento Angola (BFA) foi constituído como Operador Preferencial de Títulos do Tesouro (OPTT) do Ministério das Finanças, no quadro do acordo assinado, com a Unidade de Gestão da Dívida Pública (UGD).

À luz do referido acordo, o BFA, enquanto Operador Preferencial de Títulos do Tesouro (OPTT), passa a co-locar e negociar, de modo consistente, valores mobiliários representativos de dívida no mercado nacional e internacional.

Os OPTT são equiparados a market makers, ou seja, fomentadores de mercado e em Angola esta equiparação é obtida mediante solicitação à Unidade de Gestão da Dívida Pública por membros da Bolsa de Dívida e Valores de Angola (BODIVA).

Tempo

Multimédia