Economia

BPC anuncia empréstimos de dois milhões de dólares

Madalena José

O Banco de Poupança e Crédito (BPC) anunciou ontem, em Luanda, uma linha de crédito para Pequenas e Médias Empresas (PME) capaz de conceder créditos de até o equivalente a dois  milhões de dólares por projecto.

Fotografia: Edições Novembro

Os empréstimos para essa linha de crédito são concedidos a oito anos, com juros de até 12 por cento ao ano, declarou o director para as PME do BPC, João Ferreira, num seminário subordinado ao tema “O Papel do BPC no desenvolvimento das Micro, Pequenas e Médias Empresas”.
As firmas elegíveis para esses financiamentos devem operar nos sectores da Agricultura, Indústria e Energia e Águas , apontou João Ferreira, acrescentando que o banco tem condições criadas para ultrapassar as dificuldades que fizeram com que, nos últimos anos, tivesse parado a concessão de crédito.
“O BPC mantém a aposta no sector privado, fundamentalmente na área das PME. Por isso, criou o conselho da rede azul para apoiar este segmento”, afirmou.
O banco não retomou a concessão do crédito salário em Abril, tal como foi sucessivamente anunciado desde os últimos meses do ano passado, na decorrência de processos de organização em termos de escrita, documentação e contabilidade, bem como de reestruturação dos recursos humanos, avançou o director de PME do BPC.
João Ferreira revelou que o BPC instalou, nas suas agências, mecanismos de recuperação do crédito malparado, que, de acordo com números avançados no ano passado, era de 500 mil milhões de kwanzas.
Até há semana passada, o BPC tinha 443 agências em todo o país, com 5.530 trabalhadores, tendo o administrador garantido que o plano de reestruturação não passa, para já, por despedimentos ou fecho de balcões, mas por outras medidas de poupança interna.
Foram encerradas dez agências em Luanda para racionalizar os recursos, devido o mau momento que o banco atravessa, transferindo os clientes para as agências mais próximas das encerradas.

Tempo

Multimédia