Economia

Cabinda ultrapassa crise de combustível

O problema da falta de combustível que se verificava em Cabinda, há mais de duas se-manas, ficou resolvido on-tem, com a chegada à provín-
cia do navio Kwanza, com dois milhões de litros de combustível a bordo.

Fotografia: DR

O navio partiu de Luanda na segunda-feira e às primeiras horas de ontem atra-cou  no Terminal Oceânico de Cabinda (TOC), na zona de Fútila, confirmou fonte da Capitania do Porto de Cabin-da, citada pela Angop.
O problema, de acordo com a fonte, deveu-se a questões de segurança, já que o navio Gazela, que sempre transportou o combustível de Luan-da para Cabinda, não oferecia garantias para suportar as ca-lemas que se faziam sentir em Cabinda, tendo sido impedido pelas autoridades de segurança marítima da Chevron de ser movimentado.
O  navio Gazela, disse ainda a fonte, foi substituído pelo navio Kwanza que agora passará a efectuar as operações de transportação de combustíveis de Luanda para Cabinda.
Ainda de acordo com a fonte, as operações de descarga no porto terminaram às 15 horas e às 17 deu-se início ao carregamento em camiões que começaram a transportar os produtos para as bombas de gasolina distribuídas pela província.
A situação, que durou 20 dias, fez com que algumas viaturas permanecessem mais de três dias nas bombas e alguns taxistas subissem a corrida de 150 para 250 kwanzas.

Tempo

Multimédia