Economia

Capital social situado em nove mil milhões

Ana Paulo

O capital social do Banco Yetu ronda os nove mil mi-lhões de kwanzas, muito acima dos 7,5 mil milhões exigidos pelo banco central às instituições bancárias que operam no país, segundo o presidente do Conselho de Administração.

Presidente do Conselho de Administração do Bano Yetu, ao centro
Fotografia: Alberto Pedro | Edições novembro

Severim de Morais declarou em conferência de im-prensa que, em 2017 e 2018, a instituição obteve “resultados positivos”, com o lucro líquido a situar-se entre dois e três mil milhões de kwanzas no ano passado.

O ano de 2016 foi negativo para o banco, em resultado da realização do capital por parte dos accionistas para o da directiva do BNA relativo ao aumento do capital mínimo e fundos próprios. “Sendo o Banco Yetu ainda pequeno no mercado financeiro, tem uma solidez de fundos próprios suficientes para garantir a estabilidade”, garantiu o presidente do Conselho de Administração.
Severim de Morais considerou “aceitável” e esclareceu que os accionistas prescindiram da divisão dos lucros, acrescentando que os indicadores do Banco Yetu encontram-se acima da média ou, no mínimo, igualam aos indicadores médios do mercado, algo que consta num relatório do BNA.

Assembleia de accionistas
O Banco Yetu realiza a 27 de Julho uma Assembleia-Geral dos Accionistas focada essencialmente na nomeação de um novo Conselho de Administração e o preenchimento de vagas de acordo com a Lei, assim como de uma Comissão Executiva.
Severim de Morais desmentiu rumores sobre a saída de André Lopes, que foi presidir ao BPC, referindo que não está ligada ao banco.
“Devido a estas mudanças, daqui a um mês daremos arranque à Assembleia-Geral para novas nomeações”, garantiu Severim de Morais, acrescentando que a saída de um dos membros não afectará as políticas da instituição e o relacionamento com os clientes e accionistas.
O Banco Yetu foi fundado em 17 de Setembro de 2015. Tem cinco agências, 14.900 clientes e, este ano, vai abrir três representações em Luanda, Huambo e Huíla, bem assim como duas unidades de correspondentes bancários

Tempo

Multimédia