Economia

Colheita de hortícolas é favorecida pela rega

As catorze cooperativas inscritas na Direcção da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Matala, província da Huíla, começaram este mês a colheita de mais de duas mil toneladas de hortícolas no perímetro irrigado do município, acima das 1.400 toneladas da colheita anterior.

Fotografia: Dombele Bernardo|Edições Novembro


Os agricultores estão a colher couve, repolho, alho, cenoura, pimenta, cebola, tomate e outros produtos hortícolas e leguminosas.
O presidente da cooperativa Comandante Cowboy, Lourenço Ferreira, disse que os resultados são animadores, com destaque para a couve, cebola, alho e tomate, devido ao apoio técnico e material dado pela Administração Municipal da Matala.
A cooperativa espera colher mais de 200 toneladas de hortícolas, numa superfície de 285 hectares, distribuídos por 62 camponeses ligados à cooperativa.
Lourenço Ferreira confirmou que os camponeses estão engajados na produção de hortícolas, mas lamentou a carência de fertilizantes que impediu que o resultado das colheitas fossem maiores.
O presidente da cooperativa Agostinho Mateme, Sabino Tchavaya, sublinhou que, com o único tractor adquirido através de um crédito bancário em 2011, foi possível preparar 110 hectares de tomate, cebola, couve, repolho, batata-rena e doce. O agricultor requer das autoridades o incremento da política de crédito para a aquisição de equipamentos para aumentar a produção e acelerar o processo de diversificação da economia.
O dirigente local da federação de associações de camponeses UNACA, Domingos Chibia, assegurou que vai continuar a sensibilizar os agricultores do município para introduzirem culturas com maior valor acrescentado.
Domingos Chibia apelou aos agricultores a incrementarem a produção e produtividade de bens de consumo, para fazer face aos desafios da agricultura. A sede do município da Matala dista 180 quilómetros a Leste do Lubango e tem uma população estimada em 249 mil habitantes.
Na presente campanha agrícola, os camponeses esperam  colher mais de cem mil toneladas de produtos diversos. Em Caluquembe, outro município da Huíla, as colheitas de Maio atingiram 116.248 toneladas de produtos agrícolas diversos, no fim de uma campanha que envolveu 32.227 famílias.  Os dados foram prestados à Angop pelo administrador municipal de Caluquembe, José Arão Nataniel, referindo a colheita de 19.289 toneladas de milho, 5.300 de massambala, 1.589 de feijão, 24.477 de batata rena, 11.410 de batata-doce, 58.822 de mandioca, dez de amendoim e 408 de frutos.

Tempo

Multimédia